Aprenda, nesta dica, a instalar facilmente as principais versões do navegador Google Chrome no seu Ubuntu e no Debian!
Instalando o Google Chrome no Ubuntu e no Debian

 O Google Chrome é um navegador multiplataforma (disponível para Linux, macOS, Windows, Android e iOS) desenvolvido pela gigante Google. Segundo uma pesquisa feita pela StatCounter, ele é o navegador mais utilizado no mundo (no Brasil, mais de 75% das pessoas o utilizam, segundo dados de julho de 2016 à julho de 2017). O Chrome utiliza o motor de renderização Blink, que também é desenvolvido pela Google (um fork do WebKit), tendo como um dos diferenciais a sua velocidade para abrir páginas da Web, sendo considerado por muitos o mais rápido do mercado.

 Contando com uma proteção contra malware e phishing, ele possui uma interface minimalista, permitindo que você se concentre no que realmente importa, e a possibilidade de instalar vários temas e adicionar novas funcionalidades com as diversas extensões e aplicativos disponíveis a partir da Chrome Web Store:

Janela do Google Chrome, mostrando alguns dos aplicativos disponíveis na Chrome Web Store

 Além de permitir que você faça login com sua conta do Google, o que é útil para sincronizar os seus favoritos, configurações e histórico em todos os dispositivos, o Chrome também possui vários outros recursos, como um tradutor automático e um leitor de PDFs integrado.

 Confira todos os recursos presentes no Google Chrome acessando o site oficial, acesse:

  https://www.google.com.br/chrome/browser/features.html

 Nesta dica mostro-lhes como instalar as três principais versões do Chrome no Ubuntu e no Debian, que são o Google Chrome Stable (versão estável, utilizada pela maioria das pessoas), o Google Chrome Beta (como o próprio nome diz, esta é a versão beta do navegador que traz uma prévia das novidades que serão implementadas em breve na versão estável) e o Google Chrome Unstable (versão instável do Chrome, sujeita a bugs, travamentos e outros problemas, voltada principalmente a usuários avançados e desenvolvedores).

  Tutorial testado no Ubuntu 16.04.3 LTS (Xenial Xerus) e Debian 9 "Stretch".
  Lembrando que o Google Chrome só está disponível para sistemas de 64 bits. Caso seu sistema seja de 32 bits, a solução é instalar outros navegadores compatíveis, como, por exemplo, o Chromium (que é a "base" do Google Chrome), o Opera e o Vivaldi.

Instalando o Google Chrome no Debian e Ubuntu

 Vamos então ao passo a passo de instalação do Google Chrome no Debian e no Ubuntu, que é muito fácil. Abra um terminal e logue-se como root:

  No Debian:

su

  No Ubuntu:

sudo su

 Feito isso, execute o comando abaixo para instalar o pacote "apt-transport-https":

apt-get install apt-transport-https

 Adicione o repositório do Google Chrome no seu sistema:

sh -c 'echo "deb [arch=amd64] http://dl.google.com/linux/chrome/deb/ stable main" >> /etc/apt/sources.list.d/google-chrome.list'

 Importe a chave de assinatura do repositório:

wget -q -O - https://dl.google.com/linux/linux_signing_key.pub | apt-key add -

 E execute um dos comandos abaixo para instalar a sua versão preferida do Google Chrome:

  Para instalar o Google Chrome Stable (estável):

apt-get install google-chrome-stable

  Para instalar o Google Chrome Beta:

apt-get install google-chrome-beta

  Para instalar o Google Chrome Unstable (instável):

apt-get install google-chrome-unstable

 Após a instalação, pressione Ctrl + d para sair do root e procure pelo atalho do Google Chrome, no menu de aplicativos, para executá-lo:

Google Chrome (estável) executando no Ubuntu 16.04.3 LTS, com desktop Unity 7

Na loja de Aplicativos do Chrome você encontra, além de temas, várias extensões que adicionam novas funcionalidades no seu Google Chrome. Acesse chrome.google.com/webstore.
Você utiliza o ambiente de área de trabalho GNOME no Debian e/ou no Ubuntu? Então acesse o link abaixo e confira como instalar extensões no GNOME Shell pelo Google Chrome:

http://www.blogopcaolinux.com.br/2017/03/Instalando-extensoes-no-GNOME-Shell-pelo-Chrome-Opera-Vivaldi.html






Instalando o Google Chrome no Debian e Ubuntu (método alternativo)

 Uma outra maneira mais simples de instalar o Google Chrome no seu sistema, além da explicada anteriormente, é baixar o pacote .DEB do site oficial e fazer a instalação do mesmo (dica do nosso leitor Clodoaldo Santos). Para isso, basta abrir um terminal e instalar o GDebi com o comando (como root):

apt-get install gdebi

 Faça o download do pacote .DEB do Google Chrome (estável) com o comando:

wget -c https://dl.google.com/linux/direct/google-chrome-stable_current_amd64.deb

 E instale o mesmo executando (como root):

gdebi google-chrome-*.deb

 Após a instalação, você pode remover o pacote do Google Chrome com o comando abaixo:

rm google-chrome-*.deb

  Lembre-se de sair do root pressionando Ctrl + d, ok?!


E como faço para desinstalar o Google Chrome do meu sistema?

 Não utiliza mais o Google Chrome e deseja removê-lo do seu Ubuntu ou Debian? Então basta abrir um terminal e logar-se como root:

  No Debian:

su

  No Ubuntu:

sudo su

 Após, desinstale a versão do Chrome que instalou:

  Caso tenha instalado o Google Chrome Stable, execute:

apt-get remove google-chrome-stable

  Caso tenha instalado o Google Chrome Beta, execute:

apt-get remove google-chrome-beta

  Caso tenha instalado o Google Chrome Unstable, execute:

apt-get remove google-chrome-unstable

 Se você instalou mais de uma versão do Opera e deseja desinstalar todas de uma vez, basta executar:

apt-get remove google-chrome-*

 Caso também queira remover o repositório do Google Chrome, basta executar:

rm /etc/apt/sources.list.d/google-chrome.list
  Lembre-se de sair do root pressionando Ctrl + d, ok?!


 Então é isso! Caso tenha alguma dúvida, sugestão ou crítica a respeito deste tutorial, basta deixar o seu comentário logo abaixo, ou se preferir, entre em contato conosco!

 Aproveite e cadastre-se para receber todas as novidades do Blog Opção Linux no seu e-mail, ou siga-nos no Google+, no Twitter, Facebook ou no nosso canal no Telegram! :)

 Muito obrigado pela visita e até o próximo tutorial!

Referências:

Sandro de Castro

Sandro de Castro

Um cara apaixonado por Linux e tecnologia! Sandro é satentusiasta e fundador/mantenedor do Blog Opção Linux, está sempre à procura por novos conhecimentos a fim de ajudar os iniciantes no Linux, desde a instalação das principais distribuições quanto ao uso no dia a dia.




  Olá! Seu comentário é muito importante para nós, portanto, fique à vontade para expressar a sua opinião sobre o post acima em um dos sistemas de comentários disponíveis (Disqus, Blogger/Google ou Facebook). Mas antes de escrever algo, fique atento:

  • É permitido colocar links nos comentários, mas eles serão moderados antes da publicação;
  • A prática de SPAM é proibida. Comentários feitos apenas com a intenção de divulgar um site ou blog serão excluídos;
  • Seja educado! Não é permitido o uso de linguagem imprópria e/ou ofensiva;
  • Evite escrever todo o seu TEXTO EM CAIXA ALTA;
  • Caso queira falar sobre outro assunto (que não tenha relação com esse post), poderá entrar em contato diretamente conosco!

Postar um comentário:

0 Comentários: