Fevereiro 2018
Sua fonte de informação sobre Linux, com notícias, tutoriais e dicas de fácil entendimento para usuários do openSUSE, Fedora, Debian e Ubuntu!
Passo a passo de instalação do IRPF 2018 no Linux

 Chegou a hora de acertar as contas com a Receita Federal, pois foi liberado para download hoje, dia 26 de fevereiro, o Programa Gerador da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2018.

 O prazo de entrega da declaração (referente ao ano-base 2017) comerá nesta quinta-feira, dia 1º de março de 2018 e vai até às 23h59 do dia 30 de abril. Estão obrigados a prestar contas à Receita todos que receberam rendimentos tributáveis superiores a R$28.559,70 ou, no caso de atividade rural, quem teve uma receita bruta superior a R$142.798,50.

 A partir deste ano, o painel do sistema terá informações das fichas que poderão ser mais relevantes para o contribuinte durante o preenchimento da declaração. Além disso, será obrigatória a apresentação do CPF para dependentes a partir de 8 anos, completados até o dia 31 de dezembro de 2017.

 Para mais detalhes, acesse o site oficial da Receita Federal e tire todas as suas dúvidas em relação ao Imposto de Renda Pessoa Física de 2018:

IRPF 2018 - Receita Federal  

 Precisa fazer a sua declaração do Imposto de Renda e utiliza alguma distribuição Linux (openSUSE, Fedora, Ubuntu, Debian, Linux Mint, etc.)? Então confira, nesta dica, como fazer a instalação do IRPF 2018 utilizando a versão multiplataforma do programa.
Sua fonte de informação sobre Linux, com notícias, tutoriais e dicas de fácil entendimento para usuários do openSUSE, Fedora, Debian e Ubuntu!

 Quem decide instalar alguma distribuição Linux num notebook/netbook com o LXDE, que é um ambiente de área de trabalho leve e rápido, desenvolvido principalmente para computadores lentos ou com baixa performance, poderá enfrentar alguns problemas com o touchpad, já que este vem desabilitado por padrão (pelo menos no Fedora 27 LXDE).

 Para resolver isso, o nosso leitor Luís Moreira preparou essa dica rápida ensinando como habilitar/ativar o touchpad no desktop LXDE.

  Tutorial testado no Fedora 27 LXDE, mas pode ser executado em qualquer distribuição Linux com o ambiente LXDE.
Sua fonte de informação sobre Linux, com notícias, tutoriais e dicas de fácil entendimento para usuários do openSUSE, Fedora, Debian e Ubuntu!
Lançado KDE Plasma 5.12 LTS, confira as novidades!

 Conforme o planejado, foi anunciado hoje, dia 6 de fevereiro de 2017, o KDE Plasma 5.12, a segunda versão de longo tempo de suporte (LTS) do projeto KDE, que chega com várias novas funcionalidades e melhorias.
 A equipe de desenvolvimento do Plasma se empenhou bastante para este lançamento, fazendo uma triagem e correção de erros em todos os aspectos da base de código. Um dos resultados disso foi a redução no tempo para iniciar a sessão do ambiente de trabalho do Plasma e do consumo de memória RAM e processador quando está em execução.
Sua fonte de informação sobre Linux, com notícias, tutoriais e dicas de fácil entendimento para usuários do openSUSE, Fedora, Debian e Ubuntu!

 O LibreOffice é uma das melhores e mais conhecidas suítes de escritório de código aberto, destinado tanto para uso pessoal quanto comercial e disponível gratuitamente para Linux, Windows, macOS e sistemas Unix-like, além de contar com um visualizador de documentos para Android. É um projeto da The Document Foundation (organização sem fins lucrativos fundada em 2010 pelos membros do OpenOffice.org) desenvolvido, aperfeiçoado e distribuído por uma comunidade internacional de voluntários.

 Com uma interface limpa e ferramentas poderosas, o LibreOffice ajuda você a liberar a sua criatividade e aumentar a produtividade, oferecendo todas as funções esperadas de uma suíte profissional: LibreOffice Writer (editor de textos), LibreOffice Calc (editor de planilhas eletrônicas), LibreOffice Impress (editor de apresentações), LibreOffice Draw (gráficos vetoriais e fluxogramas), LibreOffice Base (aplicativo de banco de dados) e o LibreOffice Math (editor de equações e fórmulas).



 Diferente de outras suítes comerciais, o LibreOffice utiliza por padrão o ODF (OpenDocument Format), um formato de documento moderno e de código aberto baseado em XML (eXtensible Markup Language), que podem ser facilmente descompactados e lidos por qualquer editor de texto. Apesar disso, é compatível também com os formatos de documentos da suíte de escritório da Microsoft (Word, Excel, PowerPoint e Publisher).

 Para conhecer mais detalhes a respeito do LibreOffice e todas as suas funcionalidades, acesse o site oficial do projeto:


 Foi lançado na última quarta-feira, dia 31 de janeiro de 2018, o LibreOffice 6.0, versão esta que trouxe vários novos recursos e melhorias adicionados aos seus componentes. Dentre algumas das novidades estão o recurso de assinatura e criptografia de documentos com OpenPGP, novas funções de planilha para o Calc, um novo estilo de tabela padrão do Writer, a possibilidade de exportar os documentos para o formato EPUB3, inclusão dos ícones do elementary OS e duas novas variantes da "Notebookbar". Veja no vídeo as principais novidades desta versão:


 O anúncio oficial você pode conferir no blog da The Document Foundation, acesse:

Anúncio do LibreOffice 6.0 - The Document Foundation Blog

 Nas distribuições rolling release, como openSUSE Tumbleweed e o Fedora Rawhide, esta nova versão já está disponível (ou será disponibilizada em breve) nos repositórios oficiais, mas se você não quer esperar e deseja testar agora todas as novidades do LibreOffice 6.0 no seu openSUSE Leap ou Fedora Workstation, confira este passo a passo de instalação manual que preparamos.

  Tutorial testado no openSUSE Leap 42.3 e no Fedora 27 Workstation.

Os principais tópicos deste tutorial: