Março 2016
Sua fonte de informação sobre Linux, com notícias, tutoriais e dicas de fácil entendimento para usuários do openSUSE, Fedora, Debian e Ubuntu!
Instalando o VirtualBox no Fedora

Veja nesta dica como instalar a versão mais recente do VirtualBox no Fedora, de forma simples e fácil.

 O Oracle VM VirtualBox é um dos softwares de virtualização mais populares atualmente, com ele é possível virtualizar uma grande quantidade de sistemas operacionais, a lista completa dos sistemas suportados pode ser acessada neste link. Além disso, ele é gratuito, de código aberto e está disponível tanto para Linux como Mac OS X, Solaris e Windows.

 Para saber mais sobre o VirtualBox basta acessar o site oficial:

  https://www.virtualbox.org/

 Sem mais delongas, vamos à instalação do VirtualBox no Fedora!

   Tutorial testado no Fedora 24 e Fedora 25 Workstation com desktop GNOME 3, ambos de 64 bits.

Instalando o Oracle VM VirtualBox no Fedora

 A primeira coisa a se fazer é atualizar o sistema, abra um terminal e tecle:

sudo dnf update

Após a conclusão, você DEVE reiniciar o seu computador antes de continuar seguindo os passos a seguir, do contrário, uma das etapas poderá falhar, ok?






 Supondo que você tenha reiniciado o seu computador, abra novamente o terminal instale as dependências necessárias:

sudo dnf install binutils gcc make patch libgomp glibc-headers glibc-devel kernel-headers kernel-devel dkms

 Importe a chave pública da Oracle com:

wget https://www.virtualbox.org/download/oracle_vbox.asc && sudo rpm --import oracle_vbox.asc

 Adicione o repositório do VirtualBox no sistema:

wget http://download.virtualbox.org/virtualbox/rpm/fedora/virtualbox.repo && sudo mv virtualbox.repo /etc/yum.repos.d/

 Logo após, atualize a lista de repositórios executando:

sudo dnf update
* Será perguntado se a chave GPG do repositório do VirtualBox está correta, confirme pressionando s:


$ sudo dnf update
Importing GPG key 0x98AB5139:
Userid     : "Oracle Corporation (VirtualBox archive signing key) "
Fingerprint: 7B0F AB3A 13B9 0743 5925 D9C9 5442 2A4B 98AB 5139
From       : https://www.virtualbox.org/download/oracle_vbox.asc
Correto? [s/N]: s



 E instale a versão mais recente do VirtualBox com:

sudo dnf install VirtualBox-5.2

 Caso queira instalar a versão mais "antiga" (a 5.1.x), basta executar:

sudo dnf install VirtualBox-5.1

 Adicione seu usuário ao grupo vboxusers com:

sudo gpasswd -a $USER vboxusers

 Após, instale também o Extension Pack para ter suporte a dispositivos USB nas suas máquinas virtuais. Faça o download do pacote correspondente com a versão do VirtualBox que instalou em:

  https://www.virtualbox.org/wiki/Downloads

 Como destacado na imagem abaixo:

VirtualBox - Download do Oracle VM VirtualBox Extension Pack


 Assim que baixar, instale-o clicando duas vezes sobre o mesmo ou através do terminal com o comando:

VBoxManage extpack install --replace /onde/está/o/pacote/Oracle_VM_VirtualBox_Extension_Pack.vbox-extpack

 No meu caso ficou assim:

VBoxManage extpack install --replace /home/sandro/Downloads/Oracle_VM_VirtualBox_Extension_Pack-5.0.16-105871.vbox-extpack

 Agora basta reiniciar mais uma vez o seu computador e começar a usar o VirtualBox no Fedora!


Está aparecendo uma mensagem de erro com os dizeres "Kernel driver not installed (rc=-1908)", o que fazer?

 Caso apareça uma mensagem de erro "Kernel driver not installed (rc=-1908)" ao iniciar uma máquina virtual, como mostrado pela imagem abaixo (no caso de uma atualização do Kernel, por exemplo):

Erro "Kernel driver not installed (rc=-1908)"

 Basta executar no terminal (como a própria mensagem diz):

sudo /sbin/rcvboxdrv setup

 Ou, dependendo da versão instalada:

sudo /etc/init.d/vboxdrv setup

 Após, provavelmente conseguirá executar as suas máquinas virtuais sem erros!


E como faço para remover o VirtualBox do Fedora?

 Para desinstalar o Oracle VirtualBox também é simples, basta abrir um terminal e executar:

sudo dnf remove VirtualBox-5.1

 Caso também queira remover o repositório do VirtualBox do sistema, basta executar:

sudo rm /etc/yum.repos.d/virtualbox.repo

 Fácil, não é?!


 Então é isso! Caso tenha alguma dúvida, sugestão ou crítica a respeito deste tutorial, basta deixar o seu comentário logo abaixo, ou se preferir, entre em contato conosco!

 Aproveite e cadastre-se para receber todas as novidades do Blog Opção Linux no seu e-mail, ou siga-nos no Google+, no Twitter ou na nossa página no Facebook! :)

 Muito obrigado pela visita e até o próximo tutorial!


Referência:

Sua fonte de informação sobre Linux, com notícias, tutoriais e dicas de fácil entendimento para usuários do openSUSE, Fedora, Debian e Ubuntu!
TeamViewer

Veja como instalar a versão mais recente do TeamViewer no Ubuntu e no Debian.

 O TeamViewer é um software proprietário para acesso remoto, compartilhamento de área de trabalho, reuniões e conferências online, além de transferência de arquivos entre computadores, disponível gratuitamente para uso não comercial. Tem suporte para vários sistemas operacionais, entre eles o Linux, Windows e celulares Android, além da possibilidade de acessar uma máquina com o TeamViewer instalado através de um navegador web.

 Para mais detalhes sobre o TeamViewer acesse:

  http://www.teamviewer.com/pt/

 Sem mais enrolação, vamos à instalação!

  Tutorial testado nas versões de 64 bits do Debian 9 "Stretch", Debian 8.3 "Jessie", Ubuntu 16.04.3 LTS "Xenial Xerus", Ubuntu 14.04.5 LTS "Trusty Tahr" e Xubuntu 15.10.

Como instalar o TeamViewer no Debian e no Ubuntu

 A primeira coisa a se fazer é acessar o link abaixo para fazer o download da versão mais recente do TeamViewer:

  https://www.teamviewer.com/pt/download/linux/

 E clique em "Baixe o TeamViewer", no botão referente à versão para Ubuntu e Debian, como indicado pela seta na imagem abaixo:

https://www.teamviewer.com/pt/download/linux/

 Ou através do link direto:

  https://download.teamviewer.com/download/teamviewer_i386.deb

  ATENÇÃO - Se você utiliza o Debian de 64 bits, será necessário adicionar o suporte à arquitetura de 32 bits no mesmo ANTES de instalar o TeamViewer. Para isso abra um terminal e execute o comando abaixo :

sudo dpkg --add-architecture i386

 O processo de instalação a seguir é o mesmo nos dois sistemas, ok?!






 Em seguida, abra um terminal (caso não tenha aberto ainda) e atualize a lista de repositórios:

sudo apt-get update

 Execute o comando abaixo para "entrar" na pasta onde baixou o pacote. Caso esteja na pasta "Downloads", por exemplo, tecle:

cd /home/$USER/Downloads

 E instale o TeamViewer com:

sudo dpkg -i teamviewer*.deb

 Após executar o comando acima, irão surgir alguns erros de dependências, como mostrado no exemplo abaixo:

dpkg: problemas com dependências impedem a configuração de teamviewer:
 teamviewer depende de libc6 (>= 2.4).
 teamviewer depende de libgcc1.
 teamviewer depende de libasound2.
 teamviewer depende de libdbus-1-3.
 teamviewer depende de libexpat1.
 teamviewer depende de libfontconfig1.
 teamviewer depende de libfreetype6.
 teamviewer depende de libjpeg62.
 teamviewer depende de libpng12-0.
 teamviewer depende de libsm6.
 teamviewer depende de libxdamage1.
 teamviewer depende de libxext6.
 teamviewer depende de libxfixes3.
 teamviewer depende de libxinerama1.
 teamviewer depende de libxrandr2.
 teamviewer depende de libxrender1.
 teamviewer depende de libxtst6.
 teamviewer depende de zlib1g.

dpkg: error processing package teamviewer (--install):
 problemas de dependência - deixando desconfigurado
Erros foram encontrados durante o processamento de:
 teamviewer
ubuntu@ubuntu-desktop:~$

 Para resolver isso, basta apenas executar o comando abaixo:

sudo apt-get install -f

 E aceite a instalação das dependências. Com isso, o TeamViewer será instalado sem problemas no seu sistema!

 Ao executá-lo pela primeira vez, será apresentado o Contrato de Licença do mesmo, clique em "Aceitar o Contrato de Licença" para continuar:

Contrato de licença do TeamViewer

 Após aceitar o contrato, será exibido a janela principal do TeamViewer:

TeamViewer executando no Xubuntu 15.10 (64 bits)

 Fácil, não é?!


E como faço para desinstalar o TeamViewer do meu Debian ou Ubuntu?

 Caso queira desinstalar o TeamViewer do seu sistema, basta abrir um terminal e executar o comando abaixo:

sudo apt-get remove teamviewer

 E só!


 Então é isso! Caso tenha alguma dúvida, sugestão ou crítica a respeito deste tutorial, basta deixar o seu comentário logo abaixo, ou se preferir, entre em contato conosco!

 Aproveite e cadastre-se para receber todas as novidades do Blog Opção Linux no seu e-mail, ou siga-nos no Google+, no Twitter, Facebook ou no nosso canal no Telegram! :)

 Muito obrigado pela visita e até o próximo tutorial!

Referências:

Sua fonte de informação sobre Linux, com notícias, tutoriais e dicas de fácil entendimento para usuários do openSUSE, Fedora, Debian e Ubuntu!

Conheça e instale o I-Nex, um software que exibe informações sobre seu hardware com interface gráfica, alternativa ao CPU-Z do Windows para Linux.

O Linux traz várias ferramentas em linha de comando para listar os detalhes sobre os componentes do nosso computador, entre algumas delas estão o hwinfo, dmidecode e o inxi, mas para quem quer uma ferramenta em modo gráfico para isso, o I-Nex é a escolha certa!

O I-Nex é aplicativo escrito em Gambas que reúne as informações detalhadas sobre o hardware do computador, dentre eles o processador, placa mãe, placa de vídeo, dispositivos USB, Kernel entre outros, tudo isso com interface gráfica, semelhante ao aplicativo CPU-Z para Windows. Com ele também é possível gerar um relatório em texto com os detalhes dos seus dispositivos, além de capturar imagens da janela pelo próprio aplicativo.

Vamos então à instalação do I-Nex!

* Distros testadas: openSUSE Leap 42.1, openSUSE Tumbleweed e Fedora 23 Workstation.

Abra um terminal e digite os comandos...

- No openSUSE Tumbleweed:

sudo zypper ar http://download.opensuse.org/repositories/Education/openSUSE_Tumbleweed Education

sudo zypper up

sudo zypper in i-nex

- No openSUSE Leap 42.1:

sudo zypper ar http://download.opensuse.org/repositories/Education/openSUSE_Leap_42.1 Education

sudo zypper up

sudo zypper in i-nex

- No Fedora:

cd /etc/yum.repos.d/ && sudo wget http://download.opensuse.org/repositories/home:/Kenzy:/packages/Fedora_23/home:Kenzy:packages.repo

sudo dnf update

sudo dnf install i-nex








 Caso queira instalar o I-Nex em outras distribuições Linux, acesse o site do desenvolvedor do aplicativo:

http://i-nex.linux.pl/install/

Após instalar, basta procurar pelo lançador criado no menu do sistema ou chame-o pelo próprio terminal teclando i-nex.

>> No openSUSE Tumbleweed foi necessário editar o lançador criado pelo I-Nex, já que não executava o software, resolvi esse "problema" editando o arquivo (no caso utilizei o nano):

sudo nano /usr/share/applications/i-nex.desktop

E deixei somente isso no arquivo:

[Desktop Entry]
Encoding=UTF-8
Type=Application
Name=I-Nex
Exec=/usr/bin/i-nex
Icon=/usr/share/pixmaps/i-nex-128.png
Terminal=false
StartupNotify=true
Categories=System;HardwareSettings;

Feito isso consegui abrir o I-Nex pelo lançador normalmente!

Alguns screenshots do I-Nex no openSUSE Tumbleweed:




















 

Referência:

http://i-nex.linux.pl/install/