Outubro 2015
Sua fonte de informação sobre Linux, com notícias, tutoriais e dicas de fácil entendimento para usuários do openSUSE, Fedora, Debian e Ubuntu!

Esta é uma série de dicas para quem deseja aprender a manipular as partições do seu HD, usando um aplicativo de fácil uso, o GParted.

Já lembro que, antes de tudo, ao fazer qualquer modificação nas partições já existentes no seu HD, é ESSENCIAL fazer BACKUP dos seus dados para um outro HD / Pendrive / DVD, enfim, uma unidade de armazenamento que não seja o HD que irá trabalhar.

Neste tutorial, utilizei o GParted Live versão 0.23.0-1 e um disco virtual de 50GB criado no VirtualBox 5.0.6, mas os procedimentos são os mesmos, tanto para um "HD virtual" quanto para um "HD físico".


Situação 1: Comprei um HD novo mas não sei criar as partições.

Objetivo: Criar 4 partições, sendo uma para instalação de uma distribuição Linux (15GB-EXT4), uma para a pasta /home do usuário (15GB-EXT4), uma para para dados diversos/backups (17GB-NTFS) e a outra para a área de troca (restante do disco-Swap).

Antes (obviamente) deverá conectar seu HD no PC, se não souber, siga este tutorial:

Manutenção de PCs: como instalar HD - TechMundo

Vamos usar o GParted para este procedimento, se por acaso tenha guardado um DVD Pendrive com o Ubuntu, basta somente iniciar o seu computador com ele na unidade de CD/DVD, escolher o modo "Testar Ubuntu" e procure pelo GParted.






Caso não tenha, baixe a ".iso" do GParted Live em:

http://gparted.org/download.php

* Baixe a versão estável (Stable Releases), caso não saiba a arquitetura suportada pelo seu PC, baixe a versão i586, link para todas as versões e arquiteturas:

http://sourceforge.net/projects/gparted/files/gparted-live-stable/

Grave como imagem em um CD virgem (ou pendrive), após, reinicie seu computador com ele dentro da unidade de disco ou "espetado" numa entrada USB, após, se seu SETUP estiver configurado corretamente, irá aparecer essa tela (tecle "Enter"):


Na próxima tela, vamos configurar o layout do teclado, use as setas do teclado, selecione "Select keymap from arch list" e tecle "Enter":


Selecione o layout correto do seu teclado, no meu caso é QWERTY:


Escolhemos o idioma, no caso o "Português Brasileiro" é a opção 01:


Na próxima tela tecle somente "Enter":


Após, irá aparecer a tela do GParted:


Vamos criar as partições então, mas antes temos que criar uma tabela de partição, ao clicar em "Novo" é apresentada essa opção:


Faremos o que é indicado então, Vá em Dispositivo >> Criar tabela de partição... e selecionar o tipo de tabela de partição:


Os tipos de tabela de partição mais usados ultimamente são MBR (mais antigo) e GPT (mais recente), a diferença básica entre as duas é que MBR suporta no máximo 4 partições primárias (ou 3 primárias e uma estendida, dentro desta poderá criar outras partições lógicas), já com o GPT é possível criar até 128 partições primárias. Nesse exemplo, criarei uma tabela de partição MBR (MS-DOS, como indicado na imagem acima), após escolhido, clique em "Apply" (aplicar); lembrando que ao fazer isso em um disco já particionado irá apagar todas as partições nele, então, fique atento a isso e confira se selecionou o HD correto.

Agora podemos criar as partições, clique em "Novo", lembrando que 1GB = 1024MB, então, para criarmos uma partição de 15GB, por exemplo, basta multiplicar 1024 x 15 = 15360MB = 15GB, como vemos na imagem:


* Deixei como partição primária, escolhi o sistema de arquivos EXT4, nomeei esta nova partição como "Linux-1" e cliquei em "Add" (note que ainda não foi feita esta operação no HD).

O procedimento é o mesmo para as outras partições, basta selecionar o espaço não alocado (em cinza), clicar em "Novo", escolher o tamanho, o sistema de arquivos para a nova partição e clicar em "Add". Como o disco está em MBR, poderemos ter no máximo 4 partições primárias, como já foram criadas 3, a quarta (Swap) ficará numa partição estendida:


Feito isso, clique novamente no espaço não alocado restante, clique em "Novo", selecione o sistema de arquivo "linux-swap" da lista e clique novamente em "Add":


Tudo pronto, agora é hora de "escrever" as mudanças no HD, clique em "Apply", se estiver tudo correto, confirme as alterações clicando em "Apply":


Finalmente, HD formatado e pronto para ser usado!


Para sair do GParted e desligar o computador, dê dois cliques no ícone "Exit" na parte superior, selecione "Shutdown" e clique em "OK":


Terminamos esse tutorial, em breve, mais tutoriais sobre manipulação de partições, até +!



Referências:


http://gparted.org/display-doc.php?name=help-manual&lang=pt_BR

https://pt.wikipedia.org/wiki/Partição

https://pt.wikipedia.org/wiki/Master_Boot_Record

https://pt.wikipedia.org/wiki/Tabela_de_Partição_GUID

http://pplware.sapo.pt/gadgets/hardware/qual-a-diferena-entre-mbr-e-gpt/



Sua fonte de informação sobre Linux, com notícias, tutoriais e dicas de fácil entendimento para usuários do openSUSE, Fedora, Debian e Ubuntu!
Veja como instalar o PC-BSD 10.2 no VirtualBox, um sistema operacional Unix-like focado principalmente em computadores pessoais, podendo ser instalado também em servidores.


PC-BSD logo

Desktop PC-BSD KDE


Sobre o PC-BSD


O PC-BSD é sistema operacional que tem como base o poderoso FreeBSD, com um instalador gráfico, interface amigável e de fácil manuseio é um sistema ideal para desktops, garantindo também estabilidade e segurança. O gerenciamento de pacotes do PC-BSD é um pouco diferente, pois além de utilizar o sistema de Ports do FreeBSD para instalação de programas, utiliza também pacotes com a extensão ".pbi" (Push Button Installer) que, quando clicado duas vezes é aberto um "assistente de instalação" (processo semelhante ao Windows).
Dentre algumas das características estão o suporte ao sistema de arquivos ZFS, o instalador é totalmente gráfico e de fácil entendimento, é possível instalar vários ambientes gráficos, entre os mais populares estão o KDE (padrão), o Lumina (criado pelo projeto PC-BSD), GNOME 3, Cinnamon, OpenBox e outros.

Conheça melhor todos os detalhes sobre o PC-BSD acessando:

http://www.pcbsd.org/br/about/

https://en.wikipedia.org/wiki/PC-BSD


Tópicos desse artigo:


1 - Configuração do VirtualBox;
2 - Instalando o PC-BSD;
3 - Configuração pós instalação;
4 - Dicas;
5 - Referências.


Requisitos de sistema (mínimo recomendado):


  • Processador 64 bits;
  • 1 GB de RAM (4 GB é o ideal);
  • 50GB de espaço livre em HD para instalação em computadores (PC-BSD®) ou 20GB para servidores (TrueOS®);
  • Placa de rede;

Confira mais detalhes sobre os requisitos de sistema acessando aqui.

    Download do PC-BSD:


    Atualmente, a última versão estável lançada é a 10.2 (a mesma usada neste tutorial), para baixá-la acesse:

    http://www.pcbsd.org/en/download.html

    Link direto:

    http://download.pcbsd.org/iso/10.2-RELEASE/amd64/PCBSD10.2-RELEASE-08-19-2015-x64-DVD-USB.iso

    Download por torrent:

    http://download.pcbsd.org/iso/10.2-RELEASE/amd64/PCBSD10.2-RELEASE-08-19-2015-x64-DVD-USB.iso.torrent


    Vamos então à instalação do PC-BSD, considerando que já tenha instalado o VirtualBox no seu computador, se não, aconselho seguir esse artigo de instalação:

    VirtualBox no GNU/Linux - Instalação manual | Viva o Linux







    1 - Configuração do VirtualBox


    Abra o VirtualBox e na parte superior à esquerda clique em "Novo", após, defina um nome e o sistema operacional correspondente:














    Escolha a quantidade de RAM para sua máquina virtual (o mínimo recomendado é 2GB); Agora vamos criar um HD virtual, selecione "Criar um novo disco rígido virtual agora" e clique em "Criar", como vemos na imagem da direita:













    Nas próximas telas escolhemos o tipo de disco virtual (se ficar em dúvida, deixe marcada a opção padrão) e se vai querer armazenar o disco em "pedaços" ou em um único arquivo (eu prefiro deixar o disco num só arquivo):












    Defina o tamanho do disco e clique em "Criar" (lembrando que o mínimo recomendado para a instalação em desktops é de 50GB, já para servidores é de 20GB):


    Após concluir, vamos fazer algumas configurações na máquina virtual, no menu "Sistema", na guia Processador, habilite o recurso "PAE/NX", e se possível, configure mais de um núcleo do seu processador para a máquina virtual; e no menu "Monitor", aumente a memória de vídeo para o máximo possível e habilite a aceleração 3D:









    Na guia "Armazenamento", clique no ícone de CD e em "Selecionar Arquivo de Disco Óptico Virtual" (no caso a imagem ".iso" do PC-BSD que baixou); feito isso clique em "Ok":













    2 - Instalando o PC-BSD


    Máquina virtual configurada, vamos iniciá-la, a primeira tela de boot será essa à esquerda, tecle "Enter"; após o sistema ser carregado surgirá essa tela à direita:


     

    Selecione o idioma e clique em "Próximo"; Na próxima tela poderá escolher entre Desktop (PC-BSD) ou Servidor (TrueOS) e também escolher os aplicativos a serem incluídos na instalação, para isso clique em "Personalizar":

















    Poderá escolher entre vários ambientes gráficos disponíveis, como Cinnamon, MATE, OpenBox, Lumina, GNOME 3, etc, além de pacotes e aplicativos como Java, LibreOffice, Chromium, softwares multimídia e outros, feito isso, clique em "Salvar":


    Configuração de pacotes completa, clique em "Próximo"; Após, é hora de selecionar o disco, caso tenha conhecimento e queira personalizar o sistema de particionamento clique em "Personalizar", caso contrário, vamos usar as configurações sugeridas pelo instalador do PC-BSD, clique em "Próximo":


















    Confirme as mudanças para começar a instalação; Agora é só aguardar, por aqui levou em torno de 25min para completar:
















    Clique em "Finalizar" para completar o processo, após, na janela do VirtualBox, clique em Dispositivos >>> Discos Ópticos e desmarque a ".iso" de instalação do sistema, para depois que a VM reiniciar não carregue o sistema de instalação novamente:






    3 - Configuração pós instalação


    Após o reinício da VM, é hora de fazer as configurações iniciais do sistema, escolha a resolução de tela e o idioma, após, clique em próximo:
















    Configure o fuso horário, hostname e senha do root:

















    Na próxima tela configure a conta de usuário e senha, logo após, teste a saída de som do sistema:

















    Na tela abaixo à esquerda não modifiquei nada, apenas cliquei em próximo, feito isso, a configuração pós instalação do PC-BSD estará completa:

















    Feito isso, irá aparecer a tela de login, insira sua senha, escolha o ambiente gráfico e comece a explorar o sistema!




    4 - Usando o sistema (básico)

    Uma das primeiras coisas a se fazer após a instalação é atualizar o sistema, utilizando o Gerenciador de atualizações gráfico do PC-BSD, procurando por ele no menu de aplicativos ou digitando no terminal:

    sudo pc-updategui


    Ou clicando com o botão direito do mouse no ícone da área de notificação:



    * Veja que já vem habilitado por padrão procurar atualizações na inicialização do sistema, caso não queira, desmarque essa opção.

    Para procurar atualizações dos pacotes do sistema pelo terminal, basta digitar (como root):

    pc-updatemanager pkgcheck

    E instale as atualizações com:

    pc-updatemanager pkgupdate

    Para ver todas as opções disponíveis tecle:

    pc-updatemanager


    O PC-BSD traz também uma central de aplicativos, denominada "AppCafe", semelhante a do Ubuntu, facilitando a instalação e remoção de aplicativos e pacotes do sistema:




    Além de um Painel de controle do sistema, podendo fazer os ajustes de hardware, software, serviços do sistema entre outros:




    E por falar no Painel de controle do PC-BSD, vamos utilizar o menu "PC-BSD keyboard settings" (indicado pela seta do mouse) para definir o layout do teclado do sistema, clique no ícone de "+" para configurar um novo layout:




    Selecione "Portuguese (Brazil)" na lista e clique em "Ok":




    Teste as teclas como "ç" (cedilha), acentos, etc, se funcionar, clique em "Save to User Profile", em "Apply to Session" e em "Close".




    Pronto! Após estas poucas dicas, poderá começar a utilizar o PC-BSD!





    5 - Referências


    https://en.wikipedia.org/wiki/PC-BSD

    http://wiki.pcbsd.org/index.php/Update_Manager


    AppCafe® is a registered trademark of iXsystems, Inc.

    FreeBSD® is a registered trademark of the FreeBSD Foundation.

    PC-BSD® and the PC-BSD logo are registered trademark of iXsystems, Inc.

    TrueOS® is a trademark of iXsystems, Inc.

    VirtualBox® is a registered trademark of Oracle.