Confira como instalar a versão mais recente do Opera no Fedora Workstation, openSUSE Tumbleweed e openSUSE Leap.
Instalando o navegador Opera no openSUSE e no Fedora

Você vai aprender, nesta dica, a instalar o navegador Opera no seu openSUSE Tumbleweed, openSUSE Leap e no Fedora Workstation.

 O Opera é um navegador web multiplataforma desenvolvido pela companhia Norueguesa Opera Software. Desde a versão 15, o Opera utiliza o motor de renderização Blink (fork do WebKit feito pela Google como parte do Projeto Chromium), que também é utilizado pelo Google Chrome/Chromium, Vivaldi e vários outros navegadores.

 Apesar disso, o Opera se destaca dos demais por ser mais rápido e também pelos vários recursos e funcionalidades exclusivas, dentre elas estão o leitor de notícias na página inicial, onde você pode navegar pelas várias categorias disponíveis e também adicionar os feeds RSS dos seus sites favoritos, como o feed do Blog Opção Linux :), a inclusão dos principais mensageiros (Telegram, WhatsApp e Facebook Messenger) na barra lateral, proporcionando um fácil acesso às suas conversas enquanto navega pela internet, um serviço de VPN totalmente gratuito e ilimitado, permitindo que você navegue anonimamente na internet.

Navegador Opera no Linux

 Ele também possui suporte a Picture in Picture (PiP), função esta que permite que você assista vídeos do YouTube e outros sites em uma janela separada ao mesmo tempo que acessa outros sites e/ou realiza outras tarefas no seu computador, tem um bloqueador de anúncios nativo, acelerando em até 90% o carregamento de páginas. Além disso, é possível personalizá-lo facilmente com os vários temas e extensões disponíveis na sua loja de complementos.

 Estes e outros vários recursos presentes no Opera você confere no site oficial, acesse:

  https://www.opera.com/pt-br/computer
  https://www.opera.com/pt-br/computer/features

 Abaixo mostro como instalar facilmente as três principais versões, o Opera Stable (versão estável, recomendado para a maioria das pessoas), o Opera Beta (que traz uma prévia dos recursos que farão parte da versão estável em breve) e o Opera Developer (versão que traz as últimas novidades e é atualizada semanalmente, voltada para desenvolvedores web e usuários avançados) no openSUSE e no Fedora.

  Tutorial testado no Fedora 25 Workstation, openSUSE Tumbleweed e openSUSE Leap 42.2.

Instalando o Opera no openSUSE

 Vamos então à instalação do Opera no openSUSE, mas antes, recomendo que você atualize o seu sistema. Abra um terminal e execute:

sudo zypper ref && sudo zypper up

 Após a conclusão, execute o comando abaixo para importar a chave de assinatura do repositório:

sudo rpm --import https://rpm.opera.com/rpmrepo.key

 Copie e cole todo o conteúdo abaixo no terminal e pressione Enter em seguida para adicionar o repositório no sistema:

sudo tee /etc/zypp/repos.d/opera.repo <<RPMREPO
[opera]
name=Opera packages
type=rpm-md
baseurl=https://rpm.opera.com/rpm
gpgcheck=1
gpgkey=https://rpm.opera.com/rpmrepo.key
enabled=1
autorefresh=1
keeppackages=0
RPMREPO

 Atualize os repositórios:

sudo zypper ref

 E execute um dos comandos abaixo para instalar a sua versão preferida do Opera:

  Para instalar o Opera Stable:

sudo zypper in opera-stable

  Para instalar o Opera Beta:

sudo zypper in opera-beta

  Para instalar o Opera Developer:

sudo zypper in opera-developer

 E só! Agora é só procurar pelo atalho do Opera no menu de aplicativos para executá-lo:

Opera Beta executando no openSUSE Tumbleweed com ambiente de desktop GNOME

No site de Complementos do Opera você encontra além de papéis de parede, várias extensões que adicionam novas funcionalidades no Opera. Acesse:

https://addons.opera.com/pt-br/
Utiliza o ambiente de área de trabalho GNOME no openSUSE e/ou no Fedora? Então acesse o link abaixo e confira como instalar extensões no GNOME Shell pelo Opera:

http://www.blogopcaolinux.com.br/2017/03/Instalando-extensoes-no-GNOME-Shell-pelo-Chrome-Opera-Vivaldi.html






Instalando o Opera no Fedora Workstation

 Instalar o Opera no Fedora também é muito fácil, mas antes, abra um terminal e execute o comando abaixo para atualizar o seu sistema:

sudo dnf update

 Após a conclusão, importe a chave de assinatura do repositório com o comando:

sudo rpm --import https://rpm.opera.com/rpmrepo.key

 Copie e cole todo o conteúdo abaixo no terminal e pressione Enter em seguida para adicionar o repositório no sistema:

sudo tee /etc/yum.repos.d/opera.repo <<RPMREPO
[opera]
name=Opera packages
type=rpm-md
baseurl=https://rpm.opera.com/rpm
gpgcheck=1
gpgkey=https://rpm.opera.com/rpmrepo.key
enabled=1
RPMREPO

 Atualize a lista de repositórios:

sudo dnf update

 E execute um dos comandos abaixo para instalar a sua versão preferida do Opera:

  Para instalar o Opera Stable:

sudo dnf install opera-stable

  Para instalar o Opera Beta:

sudo dnf install opera-beta

  Para instalar o Opera Developer:

sudo dnf install opera-developer

 Fácil, não?! Para executá-lo, basta procurar pelo atalho do Opera no menu de aplicativos:

Opera Developer executando no Fedora 25 Workstation com ambiente de área de trabalho GNOME

No site de Complementos do Opera você encontra além de papéis de parede, várias extensões que adicionam novas funcionalidades no Opera. Acesse:

https://addons.opera.com/pt-br/
Utiliza o ambiente de área de trabalho GNOME no openSUSE e/ou no Fedora? Então acesse o link abaixo e confira como instalar extensões no GNOME Shell pelo Opera:

http://www.blogopcaolinux.com.br/2017/03/Instalando-extensoes-no-GNOME-Shell-pelo-Chrome-Opera-Vivaldi.html

E como faço para remover o Opera do meu sistema?

 Não quer mais utilizar o Opera e deseja desinstalá-lo? Então siga os passos abaixo, de acordo com a sua distribuição.

No openSUSE

- Remova o repositório do sistema:

sudo rm /etc/zypp/repos.d/opera.repo

- E após, remova a versão do Opera instalada:

  Caso tenha instalado o Opera Stable (estável), execute:

sudo zypper rm opera-stable

  Caso tenha instalado o Opera Beta, execute:

sudo zypper rm opera-beta

  Caso tenha instalado o Opera Developer, execute:

sudo zypper rm opera-developer

 Se você instalou mais de uma versão do Opera e deseja desinstalar todas de uma vez, basta executar:

sudo zypper rm opera-*


No Fedora

- Remova o repositório do sistema:

sudo rm /etc/yum.repos.d/opera.repo

- E após, remova a versão do Opera instalada:

  Caso tenha instalado o Opera Stable (estável), execute:

sudo dnf remove opera-stable

  Caso tenha instalado o Opera Beta, execute:

sudo dnf remove opera-beta

  Caso tenha instalado o Opera Developer, execute:

sudo dnf remove opera-developer

 Se você instalou mais de uma versão do Opera e deseja desinstalar todas de uma vez, basta executar:

sudo dnf remove opera-*


 Então é isso! Caso tenha alguma dúvida, sugestão ou crítica a respeito deste tutorial, basta deixar o seu comentário logo abaixo, ou se preferir, entre em contato conosco!

 Aproveite e cadastre-se para receber todas as novidades do Blog Opção Linux no seu e-mail, ou siga-nos no Google+, no Twitter ou na nossa página no Facebook! :)

 Muito obrigado pela visita e até o próximo tutorial!

Referências:

Sandro de Castro

Sandro de Castro

Um cara apaixonado por Linux e tecnologia! Sandro é satentusiasta e fundador/mantenedor do Blog Opção Linux, está sempre à procura por novos conhecimentos a fim de ajudar os iniciantes no Linux, desde a instalação das principais distribuições quanto ao uso no dia a dia.




  Olá! Seu comentário é muito importante para nós, portanto, fique à vontade para expressar a sua opinião sobre o post acima em um dos sistemas de comentários disponíveis (Disqus, Blogger/Google ou Facebook). Mas antes de escrever algo, fique atento:

  • É permitido colocar links nos comentários, mas eles serão moderados antes da publicação;
  • A prática de SPAM é proibida. Comentários feitos apenas com a intenção de divulgar um site ou blog serão excluídos;
  • Seja educado! Não é permitido o uso de linguagem imprópria e/ou ofensiva;
  • Evite escrever todo o seu TEXTO EM CAIXA ALTA;
  • Caso queira falar sobre outro assunto (que não tenha relação com esse post), poderá entrar em contato diretamente conosco!

Postar um comentário:

0 Comentários: