Conheça o Resetter, o aplicativo que promete redefinir o seu Ubuntu ou Linux Mint para o padrão de fábrica.
Restaurando o Ubuntu e Linux Mint para as configurações de fábrica com o Resetter

Conheça o Resetter, o aplicativo que promete deixar o seu Ubuntu ou Linux Mint para o estado de "recém-instalado".

 Instalar programas nas distribuições derivadas do Debian, como o Ubuntu e o Linux Mint, é uma tarefa fácil, já que a grande maioria dos softwares estão disponíveis nos repositórios oficiais das distros, isso quando não recorremos às famosas PPAs, que são uma mão na roda, mas podem trazer problemas no futuro.

 Quem tem o costume de instalar vários aplicativos (através ou não de repositórios de terceiros) ou de fazer modificações nas configurações do sistema, por exemplo, pode enfrentar alguns problemas, como lentidão e erros ao executar aplicativos. É neste momento que pensamos logo em formatar o computador e instalar novamente o sistema. Porém, existe uma forma mais simples de resolver os problemas mais comuns do Ubuntu e Linux Mint sem recorrer à formatação, basta usar o Resetter.

 O Resetter é um aplicativo (que ainda está em desenvolvimento) capaz de redefinir o Ubuntu e/ou Linux Mint para o "padrão de fábrica", ou seja, do mesmo jeito quando você acabou de instalar o sistema. Ele detecta e remove todos os aplicativos que você instalou depois que logar pela primeira vez após instalar o Ubuntu ou o Linux Mint no computador (exceto os aplicativos compilados e os pacotes Snap que tenha instalado). O Resetter é escrito em Python e PyQt e, até o momento, oferece suporte para as seguintes distribuições (de 64 bits):

  • Ubuntu 14.04 "Trusty Tahr";
  • Ubuntu 16.04 "Xenial Xerus";
  • Ubuntu 16.10 "Yakkety Yak";
  • Ubuntu 17.04 "Zesty Zapus";
  • Linux Mint 17.3 "Rosa";
  • Linux Mint 18 "Sarah";
  • Linux Mint 18.1 "Serena";
  • Elementary OS 0.4 "Loki";

 O aplicativo é bem simples e oferece duas opções de restauração:

  •  A "Automática" (Automatic Reset), que remove os aplicativos e pacotes que você adicionou no sistema após instalá-lo, os Kernels antigos e também os usuários (+ pasta HOME do sistema (incluindo o seu usuário)). Neste caso, após resetar o seu Ubuntu/Linux Mint, ele irá criar automaticamente um novo usuário e senha que você deverá usar para fazer login na próxima reinicialização;
  •  E a "Personalizada" (Custom Reset), onde você poderá escolher manualmente os aplicativos e pacotes que serão desinstalados, assim como se os Kernels antigos e contas de usuários (e suas respectivas pastas HOME) devem ser removidos.

 Segundo "gaining" (desenvolvedor do Resetter), há planos para adicionar o suporte ao Debian 8 "Jessie" e outras distribuições baseadas no mesmo, opções em linha de comando para o aplicativo, incluir outros idiomas, mais opções de restauração dentre outras melhorias.
 Você também pode contribuir com o desenvolvimento do Resetter, seja testando e reportando bugs ao desenvolvedor ou fazendo alguma doação em dinheiro. Saiba como fazer isso e todos os recursos do mesmo acessando a página oficial do projeto:

  https://github.com/gaining/Resetter

    ---  ATENÇÃO   ---    

O Resetter ainda está em fase beta e poderá apresentar bugs e/ou não funcionar corretamente. Além disso, poderão ocorrer mudanças na interface do aplicativo e das funções do mesmo durante o processo de desenvolvimento.
Repetindo, o Resetter está em fase beta, USE-O POR SUA CONTA E RISCO.

 A seguir você vai aprender a instalar e utilizar o Resetter no Ubuntu e Linux Mint.

Tutorial testado no Ubuntu 16.04.2 LTS e Linux Mint 17.3, com o Resetter versão 0.1.2-beta.

Instalando o Resetter

 Como informado anteriormente, o Resetter ainda está em desenvolvimento, mas caso queira testá-lo, você deverá acessar a página oficial do projeto no GitHub e fazer o download da versão mais recente:

  https://github.com/gaining/Resetter/releases

 Como mostrado no exemplo abaixo (notem que a última versão do Resetter quando este tutorial foi feito era a 0.1.2-beta):

Página oficial do Resetter no GitHub

 Feito isso, abra um terminal e execute o comando abaixo para remover a versão antiga do Resetter (caso já tenha feito a instalação dele anteriormente):

sudo apt-get remove resetter

 Após, instale o pacote baixado através do GDebi (que resolverá automaticamente as dependências). Uma outra maneira é fazer a instalação através da linha de comando.
 Para isso, abra um terminal e acesse a pasta onde baixou o arquivo. Se o pacote está na pasta "Downloads", por exemplo, basta executar:

cd /home/$USER/Downloads

 E instale-o com:

sudo dpkg -i resetter*.deb

 Em seguida, execute o comando abaixo para instalar as dependências do pacote:

sudo apt-get install -f

 Com o Resetter instalado, procure-o no menu de aplicativos da sua distribuição ou execute-o pelo terminal digitando resetter:

Procurando por "Resetter" no Dash do Ubuntu

 Após fornecer a sua senha de usuário, será apresentado a interface padrão do Resetter:

Interface principal do Resetter 0.1.2-beta

 Abaixo mostro como usar cada uma das opções do Resetter.


"Custom Reset" (Redefinição Personalizada)


    ---  ATENÇÃO   ---    

O Resetter ainda está em fase beta e poderá apresentar bugs e/ou não funcionar corretamente. Além disso, poderão ocorrer mudanças na interface do aplicativo e das funções do mesmo durante o processo de desenvolvimento.
Repetindo, o Resetter está em fase beta, USE-O POR SUA CONTA E RISCO.
 Como o próprio nome diz, ao selecionar esta opção, você poderá escolher quais pacotes serão removidos do sistema, além dos Kernels antigos, usuários e, caso queira, remover também as respectivas pastas de usuário (HOME).
 Para utilizá-la, abra o Resetter e clique em "Custom Reset", como mostrado abaixo:

Clique em "Custom Reset" para a redefinição automática

 Será exibido a lista de todos os pacotes/programas do seu sistema que foram instalados. Você poderá escolher quais deverão ser removidos, basta apenas selecioná-los, e, caso queira remover também os Kernels antigos, deixe marcado a opção "Remove old Kernels", como mostrado pela seta na imagem abaixo.

 Feito isso, clique em "Next >":

Selecione os pacotes que queira remover

 Na lista a seguir será apresentado os pacotes pré-instalados que não estão presentes no seu sistema. Você também poderá escolher quais pacotes serão instalados, basta selecioná-los individualmente (para uma restauração completa, é recomendável deixar todos os pacotes selecionados).

 Feito isso, clique em "Next >" para continuar:

Selecione os pacotes que serão instalados no seu sistema

 A próxima etapa é uma das mais importantes, nela você terá a opção de remover apenas o(s) usuário(s) do sistema (Delete User) ou remover o(s) usuário(s) e sua(s) respectiva(s) pasta(s) HOME (Delete User and Home).
 Fique atento, pois caso marque a opção "Delete User and Home", TODOS OS ARQUIVOS PESSOAIS, COMO DOCUMENTOS, MÚSICAS, IMAGENS E OUTROS, SERÃO REMOVIDOS. Caso não queira remover os seus arquivos pessoais e dos outros usuários, deixe marcado apenas a opção "Delete User", ok?

 Após selecionar a opção adequada, clique em "Next >" para continuar:

Escolha se deseja remover apenas o usuário ou remover também a pasta HOME do mesmo.

 Esta é a sua última chance para cancelar o processo de restauração do sistema, basta clicar em "Cancel" e fechar o Resetter. Mas se você deseja mesmo aplicar todas as mudanças selecionadas anteriormente, clique em "Finish":

Clique em "Finish" para aplicar as alterações

 No passo seguinte será exibido uma mensagem, perguntando se você deseja configurar uma nova conta de usuário para o sistema.
 Caso clique em "No", o próprio Resetter criará automaticamente uma nova conta e senha que você deverá utilizar após reiniciar o seu computador. No meu caso, optei por criá-la manualmente clicando em "Yes":

Escolha se você quer ou não criar manualmente uma conta de usuário

 Na janela seguinte, defina um Username (nome do seu usuário - em minúsculo) e uma Password (senha) para o mesmo, como mostrado na imagem abaixo.

 Após, clique em "OK":

Informe o seu nome de usuário (username) e uma senha para o mesmo (password)

 Agora é só aguardar a conclusão do processo de remoção dos pacotes selecionados:

Aguarde a remoção dos pacotes selecionados anteriormente

 Também será feito o download dos pacotes/aplicativos que selecionou anteriormente e, dependendo da quantidade de pacotes e velocidade da sua internet, esse processo pode demorar algum tempo:

O Resetter está fazendo o download dos pacotes que estão em falta no seu sistema

 Ao término do processo, será exibido o Novo usuário (seta 1) e a Senha (seta 2) que você criou (ou o que foi criado automaticamente pelo Resetter), como mostrado pela imagem abaixo.
 Anote o USERNAME e a PASSWORD que forem exibidos, pois você precisará utilizar estas informações assim que reiniciar o sistema, ok?!

 Feito isso, clique em "OK":

Será exibido o usuário e sua respectiva senha que você deverá utilizar para fazer login após reiniciar o seu sistema

 Por fim, reinicie o seu computador clicando em "Yes":

Clique em "Yes" para reiniciar o seu computador

 Após o reinício, faça login com o usuário e senha que você criou através do Resetter (já que todos os outros usuários foram removidos do sistema) ou através do usuário e senha padrão criado automaticamente:

Tela de login do Ubuntu 16.04 LTS

 Parabéns, o seu sistema foi restaurado com sucesso para os padrões de fábrica!

Ubuntu 16.04.LTS restaurado para o padrão de fábrica com sucesso!

 Agora você poderá usar o seu computador normalmente!


"Automatic Reset" (Redefinição Automática)


    ---  ATENÇÃO   ---    

O Resetter ainda está em fase beta e poderá apresentar bugs e/ou não funcionar corretamente. Além disso, poderão ocorrer mudanças na interface do aplicativo e das funções do mesmo durante o processo de desenvolvimento.
Repetindo, o Resetter está em fase beta, USE-O POR SUA CONTA E RISCO.
 Ao selecionar esta opção, o Resetter irá redefinir o seu sistema para o padrão de fábrica, desinstalando TODOS OS PROGRAMAS e removendo TODOS OS USUÁRIOS criados (incluindo a(s) pasta(s) HOME) após a instalação do sistema.

 Se é isto mesmo que deseja, basta selecionar a opção "Automatic Reset" para continuar:

Clique em Automatic Reset (Redefinição automática)

 Será exibido uma mensagem perguntando se você deseja mesmo redefinir o seu sistema para os padrões de fábrica.

 Para cancelar a operação, basta clicar em "No" e fechar o Resetter, mas caso queira mesmo redefinir o seu sistema, clique em "Yes" para continuar:

Mensagem perguntando se você deseja redefinir o seu sistema para os padrões de fábrica

 A seguir será exibido uma lista dos programas e pacotes que foram instalados no seu sistema será apresentada, todos eles SERÃO REMOVIDOS (esta é a última oportunidade que você tem para cancelar esse processo).

 Para aceitar, clique em "OK":

Lista de pacotes que serão removidos

 O processo de remoção dos pacotes exibidos anteriormente será iniciado, agora só resta aguardar:

Aguarde enquanto os pacotes são removidos do sistema

 O Resetter também fará o download e a instalação dos aplicativos e pacotes pré-instalados que não estão presentes no seu sistema. Dependendo da quantidade de pacotes e velocidade da sua internet, esse processo pode demorar algum tempo:

O Resetter fará o download dos pacotes pré-instalados que estão faltando em seu sistema e os instalará em seguida

 Logo após, o Resetter criará um Novo usuário (seta 1) e uma Senha (seta 2), como mostrado pela imagem abaixo.
 Anote o USERNAME e a PASSWORD que forem exibidos, pois você precisará utilizar estas informações assim que reiniciar o sistema, ok?!

 Feito isso, clique em "OK":

Será exibido o usuário e a senha padrão criados automaticamente pelo Resetter, você deverá utilizar para fazer login após reiniciar o seu sistema

 Tudo pronto, clique em "Yes" para reiniciar:

Clique em "Yes" para reiniciar o seu computador

 Após reiniciar, você terá que fazer login através do usuário criado anteriormente pelo Resetter (já que todos os outros usuários foram removidos do sistema):

Tela de login do Ubuntu 16.04 LTS

 Parabéns, o seu sistema foi restaurado com sucesso para os padrões de fábrica!

Ubuntu 16.04 LTS restaurado com sucesso para o padrão de fábrica!

 Agora você poderá criar um novo para você (substituindo o que foi criado pelo Resetter) e continuar usando o seu computador normalmente!


 Então é isso! Caso tenha alguma dúvida, sugestão ou crítica a respeito deste tutorial, basta deixar o seu comentário logo abaixo, ou se preferir, entre em contato conosco!

 Aproveite e cadastre-se para receber todas as novidades do Blog Opção Linux no seu e-mail, ou siga-nos no Google+, no Twitter ou na nossa página no Facebook! :)

 Muito obrigado pela visita e até o próximo tutorial!

Referências:

Sandro de Castro

Sandro de Castro

Um cara apaixonado por Linux e tecnologia! Sandro é satentusiasta e fundador/mantenedor do Blog Opção Linux, está sempre à procura por novos conhecimentos a fim de ajudar os iniciantes no Linux, desde a instalação das principais distribuições quanto ao uso no dia a dia.



  Olá! Seu comentário é muito importante para nós, portanto, fique à vontade para expressar a sua opinião sobre o post acima em um dos sistemas de comentários disponíveis (Disqus, Blogger/Google ou Facebook). Mas antes de escrever algo, fique atento:

  • É permitido colocar links nos comentários, mas eles serão moderados antes da publicação;
  • A prática de SPAM é proibida. Comentários feitos apenas com a intenção de divulgar um site ou blog serão excluídos;
  • Seja educado! Não é permitido o uso de linguagem imprópria e/ou ofensiva;
  • Evite escrever todo o seu TEXTO EM CAIXA ALTA;
  • Caso queira falar sobre outro assunto (que não tenha relação com esse post), poderá entrar em contato diretamente conosco!

Postar um comentário:

0 Comentários: