Como verificar o hash MD5 e SHA de seus arquivos no Windows

Como verificar o hash MD5 e SHA de seus arquivos no Windows

Aprenda a verificar e checar o hash MD5 e SHA (SHA-1, SHA-256 e SHA-512) dos seus arquivos no Windows com o MD5 & SHA Checksum Utility.

O MD5 & SHA Checksum Utility é um utilitário gratuito* capaz de gerar hashes CRC32 (disponível na versão PRO), MD5, SHA-1, SHA-256, SHA-384 (disponível na versão PRO) e SHA-512 de um ou vários arquivos e também verificar a integridade dos arquivos.

* A versão gratuita só permite verificar e checar os hashes MD5, SHA-1, SHA-256 e SHA-512, a mesma que será utilizada neste tutorial.

Vamos ao que interessa

 A primeira coisa é fazer o download do MD5 & SHA Checksum Utility, acesse o site oficial:

  https://raylin.wordpress.com/downloads/md5-sha-1-checksum-utility/

 Após baixar, clique duas vezes sobre o mesmo e na janela principal, clique em "Browse" para selecionar o arquivo a ser verificado:

Janela principal do MD5 & SHA Checksum Utility

 Ao encontrar o arquivo, dê dois cliques sobre o mesmo ou selecione-o e clique em "Abrir" (no caso, utilizando a ISO do Ubuntu 16.04 LTS):

Selecione o arquivo que quer verificar e clique em "Abrir"

 O utilitário vai gerar automaticamente os hashes MD5, SHA-1, SHA-256 e SHA-512 do seu arquivo:

O aplicativo vai gerar as hashes do seu arquivo automaticamente

 Agora, acesse a página onde baixou o seu arquivo e encontre o hash (MD5 ou SHA) disponibilizado pelos desenvolvedores do mesmo (nem sempre será fácil de encontrar, talvez você precise "vasculhar" o site até encontrar os Checksums do seu arquivo), ao encontrar, copie e cole-o no local indicado pela seta na imagem abaixo e em seguida clique em "Verify":

Copie o hash do seu arquivo e clique em "Verify"

 Se aparecer a mensagem SHA-256 Hash matched (ou MD5, SHA-1 ou SHA-512, vai depender do hash que você copiou) indicará que o seu arquivo está íntegro, o hash que você copiou do site onde baixou o seu arquivo e o gerado pelo utilitário coincidem:

Aviso informando que os hashes (a que você copiou e a gerada pelo utilitário) são idênticas

 Mas caso o hash copiado e o gerado sejam diferentes, será exibido o aviso "Hash does not match" (O hash não coincide), indicando que o seu arquivo está corrompido:

Aviso informando que os hashes (a que você copiou e a gerada pelo utilitário) não são iguais (seu arquivo está corrompido)

 E só! Simples, não?


 Tem alguma dúvida, sugestão ou crítica a respeito deste tutorial? Então basta entrar em contato conosco!

 Aproveite e cadastre-se para receber todas as novidades do blog Opção Linux no seu e-mail, ou siga-nos no Google+, no Twitter ou na nossa página no Facebook, aproveite que essas opções ainda são gratuitas! :)

 Obrigado pela visita e até o próximo tutorial!

COMENTÁRIOS

BLOGGER: 8
  1. Antes de eu instalar o Fedora eu procurei "bastante" na internet e só depois é que encontrei este site maravilhoso, tudo bem explicado. Valeu pela matéria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa, valeu amigo, fico feliz em saber que o tutorial tenha lhe ajudado!

      Forte abraço e tenha uma ótima semana!!

      Excluir
  2. posso usar o hash gerado no hashcat,ele daria a senha?

    ResponderExcluir
  3. ótima opção Sandro, Bem mais fácil que o procedimento no site do Mint.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  4. Isso é simples no powershell: Get-FileHash Ubuntu.iso -Algorithm SHA384 | Format-List
    Valores aceitos: SHA1, SHA256, SHA384, SHA512, MD5

    O 7zip tb é uma opção para CRC32, CRC64,..

    ResponderExcluir
  5. Edgard Freitas Cardosoterça-feira, 27 outubro, 2020

    O meu problema é que mesmo depois de ver que coincide o hash, não consigo abrir o arquivo. Fiz o passo, já tinha o hash enviado por onde baixei o arquivo container, .cpk mas não consigo extrair o arquivo. Sabe dizer qual seria o caminho? Parabéns por seu trabalho.

    ResponderExcluir
  6. Eu fiz pelo "cmd" do Windows mesmo (demora alguns minutos para calcular). Depois é só comparar com o arquivo do hash.

    >CertUtil -hashfile C:\path\to\file SHA256

    ResponderExcluir

OATENÇÃO
Anúncio

Nome

#BlogOpçãoLinux,1,Adobe Flash Player,1,Android Studio,2,AnyDesk,1,Artigo,37,Áudio e Vídeo,1,Autor Convidado,3,AV Linux,4,Backup,2,Brasero,1,CentOS,3,Debian,20,Déjà Dup,1,Dica,101,Dolphin Emulator,1,Fedora,51,Fedy,1,Firefox,2,GNOME,5,Google Chrome,1,GParted,2,GRUB,3,I-Nex,1,Intel Graphics,2,IRPF,3,Java,8,K3b,1,KDE,6,Kdenlive,1,Lançamento,37,Lançamento - Novatec,9,Leap,2,LibreOffice,1,Linux,23,Linux Mint,7,Morvan,1,MultiBootUSB,1,NetBeans,1,Notícias,47,NVIDIA,1,OpenMandriva,2,openSUSE,44,openSUSE Leap,4,openSUSE Tumbleweed,1,Opera,2,PC-BSD,1,PeaZip,1,pen drive,6,Pós-instalação,6,PyCharm,2,Recuperação,2,Redo Backup and Recovery,1,Skype,2,Spotify,2,SUSE,12,Tchelinux,1,TDE,1,TeamViewer,4,Telegram,4,Terminal,4,Ubuntu,36,Ventoy,1,VirtualBox,8,VMware Player,6,Windows,2,WineHQ,1,zypper,1,
ltr
static_page
Blog Opção Linux: Como verificar o hash MD5 e SHA de seus arquivos no Windows
Como verificar o hash MD5 e SHA de seus arquivos no Windows
Como verificar o hash MD5 e SHA-1, SHA-256 e SHA-512 de seus arquivos no Windows
Blog Opção Linux
https://www.blogopcaolinux.com.br/p/verificar-md5-sha-no-windows.html
https://www.blogopcaolinux.com.br/
https://www.blogopcaolinux.com.br/
https://www.blogopcaolinux.com.br/p/verificar-md5-sha-no-windows.html
true
7244430709813195206
UTF-8
Carregado todas as postagens Não encontramos nenhuma postagem VER TUDO Leia + Responder Cancelar resposta Excluir By Home PÁGINAS POSTAGENS Ver Tudo RECOMENDADO PARA VOCÊ TAG ARQUIVO PESQUISAR... TODOS OS POSTS Não encontramos nenhuma correspondência com o seu pedido Voltar para a Página Inicial Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO PREMIUM ESTÁ BLOQUEADO PASSO 1: Compartilhe em uma rede social PASSO 2: Clique no link na sua rede social Copiar todo o Código Selecionar todo o Código Todos os códigos foram copiados para a Área de Transferência Não foi possível copiar o código / texto, por favor, pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C no Mac) para copiar Índice de Conteúdo