Aprenda como corrigir o erro "unknown filesystem. Entering rescue mode..." para recuperar o GRUB do Ubuntu, utilizando uma mídia de instalação do mesmo!
Como corrigir o erro "Unknown filesystem. Entering rescue mode" e recuperar o GRUB

 Aprenda, neste tutorial, como corrigir o erro "Unknown filesystem. Entering rescue mode" e recuperar o GRUB do Ubuntu, utilizando a mídia de instalação do mesmo (Live DVD ou pen drive bootável).

 Uma coisa que assusta (e muito) quem começou a pouco tempo no Ubuntu (e no Linux em geral) é ao ligar o computador e dar de cara com essa tela:

Unknown filesystem. Entering rescue mode

 Nessa hora muitos pensam em formatar e / ou reinstalar o Ubuntu, eu mesmo passei por uma situação assim na época que comecei a utilizar o Ubuntu instalado na minha máquina "real" (já que antes usava o Windows e utilizava o Ubuntu instalado no VirtualBox).
 Isso geralmente acontece após a instalação de outro sistema operacional (por exemplo, o Windows), uma atualização mal sucedida de Kernel dentre outros fatores. No meu caso, na época que aconteceu isso, foi por causa de alguma configuração errada que fiz no GRUB Customizer, um programa (como o próprio nome sugere) para customizar o GRUB.

 Se você está enfrentando este problema no seu computador, fique tranquilo pois não precisará reinstalar o Ubuntu, abaixo mostrarei uma das maneiras de como recuperar o GRUB com uma mídia de instalação do Ubuntu.

 Sem mais delongas, vamos ao passo a passo!

>>> OBS.: Este tutorial foi testado numa máquina virtual onde havia um dual boot do Windows 7 com o Ubuntu 16.04 LTS (ambos de 64 bits), mas os procedimentos abaixo funcionam também caso tenha um dual boot no HD do computador (não testado em computadores com EFI).


 A primeira coisa é que ter em mãos uma mídia de instalação do Ubuntu (a mesma que usou pra instalar no computador, seja com um DVD ou pen drive bootável). Caso não tenha, vá até uma LAN house, baixe uma ISO do Ubuntu (de preferência por torrent) e grave-a num DVD com o auxílio do próprio utilitário do Windows (caso tenha unidade óptica) ou, caso queira, utilize um pen drive para gravar a ISO, nesse caso, recomendo que utilize o Rufus.

 Feito isso, reinicie o computador com o DVD dentro da unidade óptica ou com o pen drive bootável conectado no mesmo e continue com o passo a passo abaixo; caso apareça a tela de erro do GRUB, talvez seja necessário alterar as opções de boot no Setup do BIOS, você poderá aprender como fazer isso assistindo este vídeo do canal Tutoriais para Tudo (YouTube).

 Após dar boot na mídia de instalação do Ubuntu, escolha o idioma "Português" (no caso do Brasil) na lateral esquerda da tela e selecione a opção "Experimentar Ubuntu", como mostra a imagem:

Selecione o idioma e clique em "Experimentar Ubuntu"

 Assim que aparecer a área de trabalho do Ubuntu, abra o terminal digitando Ctrl + Alt + t, ou clique no ícone do Ubuntu na parte superior e pesquise por terminal no campo de busca e clique sobre o ícone do mesmo para abrir:

Abrir o terminal

 Agora você precisará descobrir aonde está partição onde instalou o Ubuntu, para isso rode o comando abaixo:

sudo fdisk -l

 Por aqui, no meu caso, o dispositivo onde o Ubuntu está instalado é o /dev/sda (disco rígido primário) e a partição onde o mesmo está é a sda3 (isso varia de computador para computador), como mostra a imagem abaixo:

Saída do comando sudo fdisk -l

 Após identificado, rode o comando abaixo para montar a sua partição, substituindo o "X" pelo dispositivo (HD) onde o seu Ubuntu está instalado e o "y" pelo número da partição correspondente, conforme indicado no comando anterior:

sudo mount /dev/sdXy /mnt

###############

 EXEMPLO >>> NO MEU CASO, o comando acima ficou desta forma:

### EXEMPLO DO COMANDO INÍCIO ###
$ sudo mount /dev/sda3 /mnt
### EXEMPLO DO COMANDO FIM ###
###############






 Agora, monte também os outros diretórios necessários para o processo (um comando por vez):

sudo mount --bind /dev /mnt/dev

sudo mount --bind /sys /mnt/sys

sudo mount --bind /proc /mnt/proc

 Faça chroot na partição montada com:

sudo chroot /mnt/

 Instale o GRUB na MBR do dispositivo (troque o "X" pelo seu dispositivo), tecle:

sudo grub-install /dev/sdX

###############

 EXEMPLO >>> NO MEU CASO, o comando acima ficou desta forma:

### EXEMPLO DO COMANDO INÍCIO ###
$ sudo grub-install /dev/sda
### EXEMPLO DO COMANDO FIM ###
###############

 E atualize o mesmo com:

sudo update-grub

 Confira na imagem abaixo como ficou os procedimentos acima aqui no meu computador:

Tela com os comandos utilizados anteriormente

 Após, tecle Ctrl + d para sair do chroot e digite:

sudo reboot

 Para reiniciar o computador. Se tudo ocorrer bem, o GRUB irá aparecer normalmente:

Tela do GRUB mostrando os sistemas operacionais instalados

 Então é isso, espero que este tutorial te ajude a recuperar a inicialização do seu computador, boa sorte!!

 Tem alguma dúvida, sugestão ou crítica a respeito deste tutorial? Então basta deixar o seu comentário logo abaixo, ou se preferir, entre em contato conosco! Aproveite também e cadastre-se para receber todas as novidades do blog Opção Linux no seu e-mail, ou siga-nos no Google+, no Twitter ou na nossa página no Facebook, aproveite que essas opções ainda são gratuitas! :)


Fontes utilizadas para este tutorial:


Sandro de Castro

Sandro de Castro

Um cara apaixonado por Linux e tecnologia! Sandro é satentusiasta e fundador/mantenedor do Blog Opção Linux, está sempre à procura por novos conhecimentos a fim de ajudar os iniciantes no Linux, desde a instalação das principais distribuições quanto ao uso no dia a dia.



  Olá! Seu comentário é muito importante para nós, portanto, fique à vontade para expressar a sua opinião sobre o post acima em um dos sistemas de comentários disponíveis (Disqus, Blogger/Google ou Facebook). Mas antes de escrever algo, fique atento:

  • É permitido colocar links nos comentários, mas eles serão moderados antes da publicação;
  • A prática de SPAM é proibida. Comentários feitos apenas com a intenção de divulgar um site ou blog serão excluídos;
  • Seja educado! Não é permitido o uso de linguagem imprópria e/ou ofensiva;
  • Evite escrever todo o seu TEXTO EM CAIXA ALTA;
  • Caso queira falar sobre outro assunto (que não tenha relação com esse post), poderá entrar em contato diretamente conosco!

Postar um comentário:

0 Comentários: