Como instalar o Android Studio no Debian e no Ubuntu

Aprenda, nesta dica, a instalar a versão mais recente do Android Studio no seu Debian, no Ubuntu e em distribuições derivadas!

Instalando a versão mais recente do Android Studio no Debian e no Ubuntu

 O Android Studio é o IDE (Integrated Development Environment ou 'Ambiente de Desenvolvimento Integrado') oficial da Google para desenvolver aplicativos para o Android. Ele é baseado no IntelliJ IDEA (IDE para desenvolvimento em Java da JetBrains) e está disponível gratuitamente, tanto para Linux como Windows e macOS.
 Além do editor de código e das ferramentas de desenvolvedor avançadas do IntelliJ, o Android Studio oferece ainda mais recursos para aumentar sua produtividade na criação de aplicativos Android, como:

  • Um sistema de compilação flexível baseado no Gradle;
  • Um emulador rápido com inúmeros recursos;
  • Um ambiente unificado para você poder desenvolver para todos os dispositivos Android;
  • Instant Run para aplicar alterações a aplicativos em execução sem precisar compilar um novo APK;
  • Modelos de códigos e integração com GitHub para ajudar a criar recursos comuns dos aplicativos e importar exemplos de código;
  • Ferramentas e estruturas de teste cheias de possibilidades;
  • Ferramentas de verificação de código suspeito para detectar problemas de desempenho, usabilidade, compatibilidade com versões e outros;
  • Compatibilidade com C++ e NDK;
  • Compatibilidade embutida com o Google Cloud Platform, facilitando a integração do Google Cloud Messaging e do App Engine.

 Conheça mais detalhes a respeito do Android Studio acessando o site oficial:

  https://developer.android.com/studio/features.html?hl=pt-br

 Neste tutorial, você vai aprender a instalar a versão mais recente do Android Studio no Debian, no Ubuntu e em distribuições derivadas (como o Linux Mint), de um jeito simples e prático.

  Tutorial testado no Debian 9 "Stretch" e no Ubuntu 16.04.3 LTS "Xenial Xerus", ambos de 64 bits.


Requisitos de sistema

 Antes de iniciar, confira se o seu computador atende aos requisitos mínimos para a instalação do Android Studio:

  • Ambiente de área de trabalho GNOME ou KDE;
  • Biblioteca C do GNU (glibc) 2.19 ou posterior;
  • 3 GB de RAM, 8 GB de RAM recomendados, mais 1 GB para o Android Emulator;
  • Mínimo de 2 GB de espaço livre em disco, 4 GB recomendados (500 MB para o IDE + 1,5 GB para o Android SDK e as imagens do sistema do emulador);
  • Resolução de tela mínima de 1.280 x 800;
  • Para o emulador acelerado: Processador Intel® compatível com Intel® VT-x, Intel® EM64T (Intel® 64) e a funcionalidade Execute Disable (XD) Bit, ou processador AMD compatível com AMD Virtualization™ (AMD-V™).

 Além disso, é necessário que tenha o Java Development Kit (JDK) instalado no sistema. A Google recomenda o uso do Java da Oracle (proprietário) para executar o Android Studio, porém, também é possível utilizá-lo com o OpenJDK (o Java de código aberto), disponível nos repositórios oficiais do Debian, Ubuntu e de várias outras distribuições Linux.
 Caso queira utilizar o OpenJDK, basta abrir um terminal e executar o comando abaixo para instalá-lo (como root):

apt-get install openjdk-8-jdk


 Mas se você prefere utilizar o Java da Oracle, acesse o link abaixo, de acordo com a sua distribuição, que contém as instruções de instalação do mesmo:

   Como instalar o Oracle JDK no Debian:

  http://www.blogopcaolinux.com.br/2017/06/Como-instalar-o-Oracle-Java-JDK-no-Debian.html

   Como instalar o Oracle JDK no Ubuntu:

  http://www.blogopcaolinux.com.br/2016/06/instalando-oracle-java-8-no-ubuntu-derivados-ppa.html


 Tudo pronto? Então vamos à instalação do Android Studio!


Instalando o Android Studio no Debian e no Ubuntu

 Depois de verificar se o seu computador está apto a executar o Android Studio, abra um terminal e logue-se como root:

   No Debian:

su

   No Ubuntu:

sudo su


 Logo após, instale o KVM (Kernel-based Virtual Machine) e outras ferramentas de virtualização no seu sistema:

   No Debian:

apt-get install qemu-kvm libvirt-clients libvirt-daemon-system

   No Ubuntu:

apt-get install qemu-kvm libvirt-bin ubuntu-vm-builder bridge-utils

 Depois, execute os comandos abaixo para adicionar o seu usuário aos grupos "libvirt" e "libvirt-qemu" (um por vez):

adduser SEU_USUARIO libvirt
adduser SEU_USUARIO libvirt-qemu

  Você DEVE substituir o "SEU_USUARIO" (nos comandos acima) pelo nome do seu usuário do sistema, ok?!
  Para que as alterações tenham efeito, você deverá reiniciar o seu computador.


 Caso o seu sistema seja de 64 bits, instale mais algumas algumas dependências com o comando:

apt-get install lib32z1 lib32ncurses5 lib32stdc++6 lib32gcc1 lib32tinfo5 libc6-i386

  Concluída a instalação dos pacotes, pressione Ctrl + d para sair do root, ok?!






 Logo após, acesse o link abaixo para fazer o download da versão mais recente do Android Studio:

  https://developer.android.com/studio/index.html

 E clique no botão "Download Android Studio", como mostrado na imagem abaixo:

https://developer.android.com/studio/index.html#linux-bundle

 Será exibido o Contrato de Licença, leia-o com atenção e selecione a opção "Li e concordo com todos os termos e condições acima" e clique em "DOWNLOAD ANDROID STUDIO FOR LINUX" para iniciar o download (recomendo que utilize o uGet ou outro gerenciador de downloads para baixar o arquivo).

 Depois, abra um terminal e "entre" na pasta onde baixou o arquivo. Por exemplo, se o pacote do Android Studio está na pasta "Downloads", basta executar:

cd /home/$USER/Downloads

 Descompacte o pacote .zip com o comando:

unzip android-studio-ide-*-linux.zip

 Logue-se como root (como mostrado logo acima) e mova a pasta resultante da extração para o diretório /opt:

mv /home/SEU_USUARIO/Downloads/android-studio /opt

  Substitua o "SEU_USUARIO" (no comando acima) pelo nome do seu usuário do sistema, ok?!

 Crie um link simbólico do Android Studio no sistema:

ln -s /opt/android-studio/bin/studio.sh /usr/bin/android-studio

 E um atalho para o mesmo copiando e colando todo o conteúdo abaixo no terminal e pressionando Enter em seguida:

tee /usr/share/applications/jetbrains-studio.desktop <<ATALHO
[Desktop Entry]
Version=1.0
Type=Application
Name=Android Studio
Icon=/opt/android-studio/bin/studio.png
Exec="/opt/android-studio/bin/studio.sh" %f
Comment=The Drive to Develop
Categories=Development;IDE;
Terminal=false
StartupWMClass=jetbrains-studio
ATALHO

  Após, lembre-se de pressionar Ctrl + d para sair do root, ok?!

Instalando o Android Studio no Ubuntu (método alternativo)

 Além de instalar o Android Studio manualmente, como explicamos acima, há também uma maneira mais fácil de instalá-lo no Ubuntu, que é através do Ubuntu Make (dica do nosso leitor Thiago Molina).

 O Ubuntu Make é um utilitário em linha de comando para facilitar a instalação de várias ferramentas de desenvolvimento, como o próprio Android Studio, o Visual Studio, Eclipse, PyCharm, etc. Para mais detalhes, acesse este link.

 Se você utiliza o Ubuntu 16.04 LTS (Xenial Xerus) e versões posteriores, instale o Ubuntu Make com o comando abaixo no terminal:

sudo apt install ubuntu-make

 Caso utilize uma versão mais "antiga", como o Ubuntu 14.04 LTS (Trusty Tahr) ou está enfrentando problemas com o Ubuntu Make do repositório oficial, execute o comando a seguir para adicionar a PPA do mesmo no seu sistema:

sudo add-apt-repository ppa:ubuntu-desktop/ubuntu-make

 Atualize a lista de repositórios:

sudo apt-get update

 E instale o Ubuntu Make com:

sudo apt-get install ubuntu-make


 Com o Ubuntu Make instalado, basta apenas executar o comando a seguir para instalar o Android Studio:

umake android

 Será exibido o local onde o Android Studio será instalado (você poderá alterar a opção padrão, como, por exemplo, instalá-lo na pasta /opt). Feito isso, pressione Enter para continuar:

Instalando o Android Studio através do Ubuntu Make

 Após definir o local de instalação, será exibido o Contrato de Licença do mesmo. Você deve aceitá-lo para poder utilizar o Android Studio e para isso, basta pressionar a e Enter:

Aceite o Contrato de Licença do Android Studio

 Agora basta aguardar enquanto é feito o download/instalação do Android Studio e suas dependências:

Aguarde enquanto é feito o download e instalação do Android Studio


Executando o Android Studio

 Após a instalação, execute o Android Studio procurando pelo atalho no menu de aplicativos do seu sistema ou através do terminal com o comando android-studio.

 Será exibido uma janela de diálogo perguntando se você deseja importar as configurações de uma instalação anterior do Android Studio (I want to import my settings from a custom location).

 No meu caso, escolhi a opção "I do not have a previous version of Studio or I do no want to import my settings" (Eu não tenho uma versão anterior do Android Studio ou não quero importar as minhas configurações) e cliquei em "OK", como mostrado na imagem abaixo:

Escolha a opção "I do not have a previous version of Studio or I do no want to import my settings" e clique em "OK"

 Na janela principal do instalador do Android Studio, apenas clique em "Next" para continuar:

Janela principal do instalador do Android Studio

 Em seguida, você poderá escolher o tipo de instalação do mesmo:

-  A "Padrão" (Standard), em que o Android Studio será instalado seguindo as configurações e opções mais comuns;

- Ou a "Personalizada" (Custom), onde você poderá alterar o tema padrão da interface do Android Studio, além de escolher o diretório de instalação das ferramentas do Android SDK e os componentes a serem instalados.

 No meu caso, deixei selecionado a opção "Standard" (que é a recomendada) e cliquei em "Next":

Selecione o tipo de instalação do Android Studio

 Será apresentado um resumo das alterações que serão realizadas, clique em "Next" para continuar:

Resumo das alterações que serão realizadas

 Caso tenha o recurso de virtualização habilitado no BIOS/UEFI do seu computador, será exibido uma mensagem semelhante a da imagem abaixo, informando que o seu sistema pode executar o emulador do Android com um desempenho acelerado.

 Como você instalou as ferramentas de virtualização no seu sistema (explicado logo acima), basta apenas clicar em "Finish" para continuar o processo:

Mensagem informando que o seu sistema pode executar o emulador do Android com um desempenho acelerado

 Agora é aguardar enquanto é feito o download dos componentes adicionais (o que pode demorar, dependendo da velocidade da sua internet):

Aguarde enquanto é feito o download dos componentes adicionais

 Após a conclusão, clique novamente em "Finish":

Download dos componentes do Android Studio completo

 Tudo pronto, você instalou com sucesso o Android Studio no seu sistema! Ele será executado em seguida exibindo a tela de boas-vindas, como mostrado pela imagem abaixo:

Tela inicial do Android Studio executando no Ubuntu 16.04.3 LTS "Xenial Xerus"


Atualizando o Android Studio

 O processo de atualização do Android Studio é bem simples, ele mesmo informará a existência de atualizações e com poucos cliques elas serão instaladas. Para verificar manualmente, basta clicar em "Configure" (no menu inferior direito da janela principal do Android Studio) e selecionar a opção "Check for Update", como mostrado pela imagem abaixo:

Procurar por atualizações no Android Studio

 Caso tenha alguma atualização, aparecerá uma janela de diálogo semelhante a da imagem abaixo, mostrando os detalhes da mesma.

 Clique no botão "Update Now" (ou "Update and Restart", dependendo do tipo de atualização que estiver disponível) e aguarde (talvez seja necessário iniciar várias vezes o Android Studio após aplicar as atualizações):

Janela de atualização do Android Studio


Desinstalando o Android Studio

 Não quer mais utilizar o Android Studio e deseja removê-lo do seu sistema? Então abra um terminal e execute os seguintes comandos (como root):

rm /usr/bin/android-studio
* Removendo o link simbólico;

rm /usr/share/applications/jetbrains-studio.desktop
* Removendo o atalho (lançador) criado;

rm -rf /opt/android-studio
* Removendo a pasta onde o mesmo está instalado.


 Se você instalou o Android Studio através do Ubuntu Make, basta executar o comando abaixo:

umake android --remove

  Lembre-se de pressionar Ctrl + d para sair do root, ok?!


 Caso queira remover o Android SDK e as suas preferências do Android Studio, abra um gerenciador de arquivos (Nautilus, Dolphin, etc) e remova as pastas Android, AndroidStudioProjects, .android e .AndroidStudio2.x (estas duas últimas são ocultas) da sua pasta pessoal.


 Então é isso! Caso tenha alguma dúvida, sugestão ou crítica a respeito deste tutorial, basta deixar o seu comentário logo abaixo, ou se preferir, entre em contato conosco!

 Aproveite e cadastre-se para receber todas as novidades do Blog Opção Linux no seu e-mail, ou siga-nos no Google+, no Twitter, Facebook ou no nosso canal no Telegram! :)

 Muito obrigado pela visita e até o próximo tutorial!

Referências:

COMENTÁRIOS

OATENÇÃO
Anúncio

Nome

#BlogOpçãoLinux,1,Adobe Flash Player,1,Android Studio,2,AnyDesk,1,Artigo,39,Áudio e Vídeo,1,Autor Convidado,3,AV Linux,4,Backup,2,Brasero,1,CentOS,3,Debian,20,Déjà Dup,1,Dica,103,Dolphin Emulator,1,Fedora,53,Fedy,1,Firefox,2,GNOME,5,Google Chrome,1,GParted,2,GRUB,3,I-Nex,1,Intel Graphics,2,IRPF,3,Java,8,K3b,1,KDE,6,Kdenlive,1,Lançamento,37,Lançamento - Novatec,9,Leap,2,LibreOffice,1,Linux,25,Linux Mint,7,Microsoft Edge,1,Morvan,1,MultiBootUSB,1,NetBeans,1,Notícias,47,NVIDIA,1,OpenMandriva,2,openSUSE,47,openSUSE Leap,6,openSUSE Tumbleweed,1,Opera,2,PC-BSD,1,PeaZip,1,pen drive,6,Pós-instalação,7,PyCharm,2,Recuperação,2,Redo Backup and Recovery,1,SELinux,2,Skype,2,Spotify,2,SUSE,12,Tchelinux,1,TDE,1,Team Fortress 2,1,TeamViewer,4,Telegram,4,Terminal,4,Ubuntu,36,Ventoy,1,VirtualBox,8,VMware Player,6,Windows,2,WineHQ,1,zypper,1,
ltr
item
Blog Opção Linux: Como instalar o Android Studio no Debian e no Ubuntu
Como instalar o Android Studio no Debian e no Ubuntu
Aprenda, nesta dica, a instalar a versão mais recente do Android Studio no seu Debian, no Ubuntu e em distribuições derivadas!
https://1.bp.blogspot.com/-PzejeJhTCGY/WatcC7Q0TVI/AAAAAAAAHXM/O_U7scI8wsUIh6bpWzw1ds1rYwWNeUAgQCLcBGAs/s1600/Instalando-Android-Studio-no-Debian-e-Ubuntu.png
https://1.bp.blogspot.com/-PzejeJhTCGY/WatcC7Q0TVI/AAAAAAAAHXM/O_U7scI8wsUIh6bpWzw1ds1rYwWNeUAgQCLcBGAs/s72-c/Instalando-Android-Studio-no-Debian-e-Ubuntu.png
Blog Opção Linux
https://www.blogopcaolinux.com.br/2017/09/Instalando-Android-Studio-no-Debian-e-no-Ubuntu.html
https://www.blogopcaolinux.com.br/
https://www.blogopcaolinux.com.br/
https://www.blogopcaolinux.com.br/2017/09/Instalando-Android-Studio-no-Debian-e-no-Ubuntu.html
true
7244430709813195206
UTF-8
Carregado todas as postagens Não encontramos nenhuma postagem VER TUDO Leia + Responder Cancelar resposta Excluir By Home PÁGINAS POSTAGENS Ver Tudo RECOMENDADO PARA VOCÊ TAG ARQUIVO PESQUISAR... TODOS OS POSTS Não encontramos nenhuma correspondência com o seu pedido Voltar para a Página Inicial Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO PREMIUM ESTÁ BLOQUEADO PASSO 1: Compartilhe em uma rede social PASSO 2: Clique no link na sua rede social Copiar todo o Código Selecionar todo o Código Todos os códigos foram copiados para a Área de Transferência Não foi possível copiar o código / texto, por favor, pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C no Mac) para copiar Índice de Conteúdo