Como instalar o Opera no Fedora Workstation e no openSUSE

Aprenda a instalar o navegador Opera (versões Stable, Beta e Developer) no Fedora Linux, no openSUSE Tumbleweed e no openSUSE Leap!

Instalando o navegador Opera no Fedora Linux e no openSUSE

Instruções de instalação do navegador Opera no Fedora Linux, no openSUSE Leap e no openSUSE Tumbleweed!

 O Opera é um navegador da web de código fechado desenvolvido pela empresa norueguesa (hoje liderada por um consórcio chinês) Opera Software, disponível gratuitamente para Linux, Windows, macOS e dispositivos móveis com Android e iOS. Criado inicialmente por Jon Stephenson von Tetzchner e Geir Ivarsøy, a primeira versão do Opera foi lançada oficialmente em 1995, o que o torna um dos mais antigos navegadores que ainda estão sendo ativamente desenvolvidos.

 Atualmente utilizando o motor de renderização Blink (que é o mesmo utilizado pelo Chromium/Google Chrome e vários outros navegadores), o Opera destaca-se pela implementação de novas tecnologias sem perder a simplicidade e a facilidade de uso, oferecendo uma experiência de navegação rápida e segura.

Janela do navegador Opera executando no Linux (tema Dark)

 Dentre os principais recursos do Opera estão uma página inicial (Speed Dial) personalizável, onde você pode definir e organizar os seus sites favoritos, acesso fácil aos aplicativos de redes sociais como o Facebook Messenger, WhatsApp, Telegram, Twitter/X, Instagram e TikTok diretamente na barra lateral, além de vários recursos integrados como uma inteligência artificial nativa (Aria), um serviço de VPN gratuito, um bloqueador de anúncios, conversor de unidades, notícias personalizadas, sincronização de dados e muito mais.

 O navegador Opera também oferece suporte a extensões e temas disponíveis na sua própria loja de complementos bem como os disponíveis na Chrome Web Store. Estes e demais recursos do Opera estão disponíveis no site oficial, para conferir basta acessar o link abaixo:

[Opera Web Browser  Mais detalhes sobre o Opera   ##external-link##]

 Neste tutorial você vai aprender a instalar as principais versões do navegador Opera (Stable, Beta e Developer) no Fedora Linux, no openSUSE Tumbleweed e no openSUSE Leap.

   Dica!
Tutorial testado no Fedora Linux 39 Workstation, no openSUSE Leap 15.5 e no openSUSE Tumbleweed.


  Instalando o Opera no Fedora Linux


 Antes da instalação do Opera, eu recomendo que você faça uma atualização completa no seu sistema para evitar possíveis problemas com dependências de pacotes. Para isso, abra um terminal e execute o comando a seguir:

sudo dnf upgrade


 Com o seu Fedora devidamente atualizado, execute o comando abaixo para importar a chave de assinatura GPG do Opera:

sudo rpm --import https://rpm.opera.com/rpmrepo.key

 Após, adicione o repositório oficial do mesmo no seu sistema com o comando:

echo -e "[opera]\nname=Opera packages\ntype=rpm-md\nbaseurl=https://rpm.opera.com/rpm\ngpgcheck=1\ngpgkey=https://rpm.opera.com/rpmrepo.key\nenabled=1"|sudo tee /etc/yum.repos.d/opera.repo

 E, por último, instale a versão desejada do navegador Opera executando um dos comandos abaixo:

## Para instalar o Opera Stable (versão padrão e estável):
sudo dnf install opera-stable

## Para instalar o Opera Beta:
sudo dnf install opera-beta

## Para instalar o Opera Developer:
sudo dnf install opera-developer

 Após a instalação, é só procurar pelo atalho do Opera no menu de aplicativos do seu ambiente gráfico para executá-lo!

Navegador Opera Stable executando no Fedora 39 Workstation com o ambiente de desktop GNOME Shell



  Instalando o Opera no openSUSE (Leap e Tumbleweed)


 Antes da instalação do Opera, é recomendável que você faça uma atualização completa no seu sistema para evitar possíveis problemas com dependências de pacotes. Para isso, abra um terminal e execute o comando a seguir:

sudo zypper ref && sudo zypper up


 Com o seu openSUSE devidamente atualizado, execute o comando abaixo para importar a chave de assinatura GPG do Opera:

sudo rpm --import https://rpm.opera.com/rpmrepo.key

 Após, adicione o repositório oficial do mesmo no seu sistema com o comando:

echo -e "[opera]\nname=Opera packages\ntype=rpm-md\nbaseurl=https://rpm.opera.com/rpm\ngpgcheck=1\ngpgkey=https://rpm.opera.com/rpmrepo.key\nenabled=1\nautorefresh=1\nkeeppackages=0"|sudo tee /etc/zypp/repos.d/opera.repo

 E, por último, instale a versão desejada do navegador Opera executando um dos comandos abaixo:

## Para instalar o Opera Stable (versão padrão e estável):
sudo zypper in opera-stable

## Para instalar o Opera Beta:
sudo zypper in opera-beta

## Para instalar o Opera Developer:
sudo zypper in opera-developer

 Após a instalação, é só procurar pelo atalho do Opera no menu de aplicativos do seu ambiente gráfico para executá-lo!

Navegador Opera Developer executando no openSUSE Leap com o ambiente de desktop KDE Plasma



  Outros métodos de instalação do Opera


 Além do método "padrão" que você aprendeu logo acima, também é possível instalar o navegador Opera no Fedora Linux e no openSUSE via pacotes Flatpak e Snap. Confira as instruções logo abaixo.

  Instalando o Opera via Flatpak


 Flatpak é um dos sistemas de empacotamento de softwares mais conhecidos do Linux. No principal repositório de flatpaks, o Flathub, está disponível para instalação apenas a versão estável do navegador Opera.

 Caso queira instalar o Opera via Flatpak, basta executar o comando abaixo:

flatpak install flathub com.opera.Opera

   Informação!
Antes de instalar flatpaks é necessário que tenha o repositório Flathub adicionado no seu sistema. Para isso, basta executar o comando:

flatpak remote-add --if-not-exists flathub https://flathub.org/repo/flathub.flatpakrepo

  Instalando o Opera via Snap


 O Opera também é disponibilizado em pacotes Snap, que é um sistema de empacotamento de softwares (semelhante aos flatpaks) criado pela Canonical e integrado por padrão no Ubuntu. Apesar disso, é possível adicionar o suporte a snaps na maioria das distribuições Linux, incluindo o Fedora e o openSUSE. Confira o passo a passo nos links abaixo:



 Com o suporte a snaps devidamente habilitado no seu sistema, basta executar o comando abaixo para instalar o navegador Opera no seu sistema:

    Para instalar o Opera Stable (versão padrão e estável):

sudo snap install opera

    Para instalar o Opera Beta:

sudo snap install opera-beta

    Para instalar o Opera Developer:

sudo snap install opera-developer



  Instalando complementos no Opera


 O Opera é um dos mais antigos e conhecidos navegadores da atualidade e possui uma série de recursos já integrados ao mesmo. Apesar disso, é possível adicionar outras funcionalidades do seu navegador com as mais variadas extensões disponíveis na sua própria Loja de Complementos do Opera ( além da Chrome Web Store), permitindo que você crie documentos, ouça músicas, edite fotos e muito mais! Acesse o link abaixo e confira:

[Opera alt icon  Visite a loja de Complementos do Opera   ##external-link##]



  Como desinstalar o navegador Opera?


 Caso não queira mais utilizar o navegador Opera e deseja removê-lo do seu Fedora ou openSUSE, então basta executar os comandos abaixo (de acordo com o seu sistema e a versão do Opera):

    No Fedora Workstation:

## Para desinstalar o Opera Stable:
sudo dnf remove opera-stable

## Para desinstalar o Opera Beta:
sudo dnf remove opera-beta

## Para desinstalar o Opera Developer:
sudo dnf remove opera-developer

    No openSUSE (Leap e Tumbleweed):

## Para desinstalar o Opera Stable:
sudo zypper rm opera-stable

## Para desinstalar o Opera Beta:
sudo zypper rm opera-beta

## Para desinstalar o Opera Developer:
sudo zypper rm opera-developer

 Caso também queira remover o repositório do Opera do seu sistema, basta executar o comando:

    No Fedora Workstation:

sudo rm /etc/yum.repos.d/opera.repo

    No openSUSE (Leap e Tumbleweed):

sudo zypper rr opera



    Caso tenha instalado o Opera por Flatpak:


 Basta apenas executar o comando abaixo para removê-lo:

flatpak remove com.opera.Opera


    Caso tenha instalado o Opera por Snap:


 Basta apenas executar um dos comandos abaixo:

## Para desinstalar o Opera Stable:
sudo snap remove opera

## Para desinstalar o Opera Beta:
sudo snap remove opera-beta

## Para desinstalar o Opera Developer:
sudo snap remove opera-developer




 Espero que esta dica tenha sido útil para você! Caso tenha alguma dúvida, sugestão ou crítica, basta utilizar o campo de comentários logo abaixo para nos informar, seja pelo Disqus ou utilizando sua conta do Google/Blogger, ok?!

 Aproveite e cadastre-se para receber todas as novidades do Blog Opção Linux assinando nosso Feed, ou siga-nos no Twitter, Facebook e também no nosso canal no Telegram! :)


 Obrigado pela visita e até a próxima dica!


  Referências:


COMENTÁRIOS

BLOGGER
PUBLICIDADE
Nome

#BlogOpçãoLinux,3,Adobe Flash Player,1,Android Studio,2,AnyDesk,2,Artigo,69,Áudio e Vídeo,1,Autor Convidado,3,AV Linux,4,Backup,2,Brasero,1,CentOS,3,Debian,43,Déjà Dup,1,Dica,163,Dolphin Emulator,1,Eclipse,2,Fedora,94,Fedy,1,Firefox,1,follow.it,1,GNOME,6,Google Chrome,2,GParted,2,GRUB,3,I-Nex,1,Intel Graphics,2,IntelliJ IDEA,2,IRPF,8,Java,9,K3b,1,KDE,6,Kdenlive,1,Lançamento,52,Lançamento - Novatec,9,Leap,2,LibreOffice,1,Linux,30,Linux Mint,19,MEGA,2,Microsoft Edge,2,Microsoft Teams,1,Morvan,1,Mozilla Firefox,2,MultiBootUSB,1,NetBeans,2,Notícias,62,NVIDIA,1,OpenMandriva,2,openSUSE,69,openSUSE Leap,14,openSUSE Tumbleweed,4,Opera,4,Oracle VM VirtualBox,2,PC-BSD,1,PeaZip,1,pen drive,6,Pós-instalação,23,PyCharm,2,Recuperação,2,Redo Backup and Recovery,1,RustDesk,2,SELinux,2,Skype,3,Spotify,3,SUSE,12,Tchelinux,1,TDE,1,Team Fortress 2,1,TeamViewer,5,Telegram,4,Terminal,4,Ubuntu,71,Ventoy,1,VirtualBox,12,Visual Studio Code,2,Vivaldi,2,VMware Player,15,VMware Workstation,9,VSCodium,2,Windows,2,WineHQ,1,zypper,1,
ltr
item
Blog Opção Linux: Como instalar o Opera no Fedora Workstation e no openSUSE
Como instalar o Opera no Fedora Workstation e no openSUSE
Aprenda a instalar o navegador Opera (versões Stable, Beta e Developer) no Fedora Linux, no openSUSE Tumbleweed e no openSUSE Leap!
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEivlFsQj9I3hLoaYE2TIMS-sVuFEIs7tukxHtKLihcvmIyCRvIAuBFKFRlcNOsNBz6VgTSPOq_ctJQeMx_MQaTzjrWJdcUfdwD17vCRx6ffaPjxawSbWefTRbepl06WCcMaKmGZaCYcepoEKKiXLgj5PXP3EO5GScrBgZEH5h5_VY7ayr48suckH_l2qg0n/s1600/Instalando-Opera-no-Fedora-e-openSUSE.webp
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEivlFsQj9I3hLoaYE2TIMS-sVuFEIs7tukxHtKLihcvmIyCRvIAuBFKFRlcNOsNBz6VgTSPOq_ctJQeMx_MQaTzjrWJdcUfdwD17vCRx6ffaPjxawSbWefTRbepl06WCcMaKmGZaCYcepoEKKiXLgj5PXP3EO5GScrBgZEH5h5_VY7ayr48suckH_l2qg0n/s72-c/Instalando-Opera-no-Fedora-e-openSUSE.webp
Blog Opção Linux
https://www.blogopcaolinux.com.br/2024/03/Instalando-o-Opera-no-Fedora-e-no-openSUSE.html
https://www.blogopcaolinux.com.br/
https://www.blogopcaolinux.com.br/
https://www.blogopcaolinux.com.br/2024/03/Instalando-o-Opera-no-Fedora-e-no-openSUSE.html
true
7244430709813195206
UTF-8
Carregado todas as postagens Não encontramos nenhuma postagem VER TUDO Leia + Responder Cancelar resposta Excluir By Home PÁGINAS POSTAGENS Ver Tudo RECOMENDADO PARA VOCÊ TAG ARQUIVO PESQUISAR... TODOS OS POSTS Não encontramos nenhuma correspondência com o seu pedido Voltar para a Página Inicial Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO PREMIUM ESTÁ BLOQUEADO PASSO 1: Compartilhe em uma rede social PASSO 2: Clique no link na sua rede social Copiar todo o Código Selecionar todo o Código Todos os códigos foram copiados para a Área de Transferência Não foi possível copiar o código / texto, por favor, pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C no Mac) para copiar Índice de Conteúdo