Confira, nesta dica, como instalar a versão mais recente do Adobe Flash Player no Debian 9 "Stretch".
Instalando o Adobe Flash Player manualmente no Debian 9 "Stretch"

Confira, nesta dica, como instalar (manualmente) a versão mais recente do Adobe Flash Player no seu Debian.

 O Adobe Flash Player (rotulado como "Shockwave Flash" no Mozilla Firefox e Internet Explorer) é um software (plugin) multiplataforma usado para exibir conteúdo multimídia, execução de aplicações Rich Internet e streaming de áudio e vídeo em navegadores e em alguns dispositivos móveis suportados.

 Quem instalou o Debian 9 "Stretch" recentemente, deve ter percebido que o pacote flashplugin-nonfree não está disponível nos repositórios oficiais (como informado pelo nosso leitor @Laércio de Sousa). Se você ainda precisa utilizar o Adobe Flash Player e não pretende adicionar o repositório "Debian Multimedia", abaixo mostro como instalá-lo manualmente no seu Debian, habilitando o mesmo no Mozilla Firefox, no Opera, Vivaldi e Chromium.

  Tutorial testado no Debian 9 "Stretch" (64 bits) com os ambientes de desktop GNOME e MATE.
  Se você utiliza apenas o Google Chrome, não é necessário executar os passos a seguir, já que o mesmo possui o Adobe Flash Player integrado.

Como instalar o Adobe Flash Player no Debian (para o Mozilla Firefox)

 Vamos então ao passo a passo, que é bem simples. Primeiro, acesse o link abaixo para baixar o Adobe Flash Player:

  https://get.adobe.com/br/flashplayer/otherversions/

 Nela, você deverá selecionar o seu sistema operacional:

  • Linux (64-bit), se o seu Debian é de 64 bits;
  • Linux (32-bit), se o seu Debian é de 32 bits.

 E após, selecione a versão NPAPI do Flash Player (para o Firefox), disponível num pacote .tar.gz:

  • FP {versão} for Linux 64-bit (.tar.gz) - NPAPI, se o seu Debian é de 64 bits;
  • FP {versão} for Linux 32-bit (.tar.gz) - NPAPI, se o seu Debian é de 32 bits.

 Como o meu Debian é de 64 bits, selecionei as opções "Linux (64-bit)" e o "FP {versão} for Linux 64-bit (.tar.gz) - NPAPI", como mostrado pela imagem abaixo:

Selecione a arquitetura do seu sistema operacional e a versão NPAPI do Adobe Flash Player (.tar.gz)

 Feito isso, basta clicar no botão "Baixe agora", na parte inferior direita da página para, obviamente, baixar o pacote, como indicado pela seta do mouse na imagem acima.

 Após o download, abra um terminal e "entre" na pasta onde o pacote está. Caso esteja na pasta "Downloads", por exemplo, execute o comando abaixo:

cd /home/$USER/Downloads

 Logue-se como root:

su

 Crie a pasta "flash-player" em "/usr/lib":

mkdir /usr/lib/flash-player

 Descompacte o pacote na pasta criada anteriormente com o comando:

tar xvzf flash_player_npapi*.tar.gz -C /usr/lib/flash-player/

 E crie um link simbólico do Flash Player na pasta de plugins do Firefox:

ln -s /usr/lib/flash-player/libflashplayer.so /usr/lib/mozilla/plugins/

 Depois de realizar esse procedimento, reinicie o Firefox e após, acesse o link abaixo para verificar se o plugin foi instalado corretamente (talvez seja necessário que você permita a execução o Adobe Flash Player):

  http://get.adobe.com/br/flashplayer/about/

 Caso tenha seguido corretamente os passos acima, aparecerá, na área em destaque na imagem abaixo, a versão do Flash Player que você acabou de instalar:

Adobe Flash Player em execução no Mozilla Firefox (Debian 9 "Stretch")

Criando um atalho para o Painel de Preferências do Adobe Flash Player

 Vamos agora definir um atalho para o Painel de Preferências do Adobe Flash Player. Execute o comando abaixo para criar um link simbólico no sistema:

ln -s /usr/lib/flash-player/usr/bin/flash-player-properties /usr/bin/

 E copie e cole todo o conteúdo abaixo no terminal, pressionando Enter em seguida:

tee /usr/share/applications/flash-player-properties.desktop <<ATALHO
[Desktop Entry]
Name=Adobe Flash Player
Comment=Preferências para o Adobe Flash Player
Exec=flash-player-properties
Icon=/usr/lib/flash-player/usr/share/icons/hicolor/48x48/apps/flash-player-properties.png
Terminal=false
Type=Application
StartupNotify=true
Categories=Settings;
ATALHO

 Feito isso, basta procurar pelo atalho "Adobe Flash Player" no menu de aplicativos ou através do terminal com o comando flash-player-properties:

Painel de Preferências do Adobe Flash Player

  Lembre-se de sair do root pressionando Ctrl + d, ok?!






Como instalar o Adobe Flash Player no Debian para o Opera, Vivaldi e Chromium

 O passo a passo a seguir é indicado para quem precisa utilizar o Adobe Flash Player no Opera, Vivaldi ou o Chromium.

 Acesse o link abaixo para fazer o download do Adobe Flash Player:

  https://get.adobe.com/br/flashplayer/otherversions/

 Nela, você deverá selecionar o seu sistema operacional:

  • Linux (64-bit), se o seu Debian é de 64 bits;
  • Linux (32-bit), se o seu Debian é de 32 bits.

 E após, a versão PPAPI do Flash Player (para o Opera, Vivaldi e Chromium), disponível num pacote .tar.gz:

  • FP {versão} for Linux 64-bit (.tar.gz) - PPAPI, se o seu Debian é de 64 bits;
  • FP {versão} for Linux 32-bit (.tar.gz) - PPAPI, se o seu Debian é de 32 bits.

 Como o meu Debian é de 64 bits, selecionei as opções "Linux (64-bit)" e o "FP {versão} for Linux 64-bit (.tar.gz) - PPAPI", como mostrado pela imagem abaixo:

Selecione a arquitetura do seu sistema operacional e a versão PPAPI do Adobe Flash Player (.tar.gz)

 Feito isso, clique no botão "Baixe agora", na parte inferior direita da página para baixar o pacote, como indicado pela seta do mouse na imagem acima.

 Após o download, abra um terminal e "entre" na pasta onde o pacote está. Caso esteja na pasta "Downloads", por exemplo, execute o comando abaixo:

cd /home/$USER/Downloads

 Logue-se como root:

su

 Crie a pasta "pepperflashplugin-nonfree" em "/usr/lib":

mkdir /usr/lib/pepperflashplugin-nonfree

 E descompacte o pacote na pasta criada anteriormente com o comando:

tar xvzf flash_player_npapi*.tar.gz -C /usr/lib/pepperflashplugin-nonfree/

 Se você utiliza o Chromium, será necessário criar um arquivo de configuração para que o mesmo consiga "enxergar" o local onde o Flash Player está instalado. Ainda no terminal, copie e cole todo o conteúdo abaixo e pressione Enter em seguida:

tee /etc/chromium.d/flashplayer-chromium.conf <<EOT
# Configuração adicional para que o Chromium "saiba" onde o Flash Player está instalado:
flash_library="/usr/lib/pepperflashplugin-nonfree/libpepflashplayer.so"
flash_version=$(grep '"version":' /usr/lib/pepperflashplugin-nonfree/manifest.json | cut -d\" -f4)

if [ -f $flash_library ]; then
  CHROMIUM_FLAGS="$CHROMIUM_FLAGS --ppapi-flash-path=$flash_library --ppapi-flash-version=$flash_version"
fi
EOT

 Reinicie o seu navegador e após, acesse o link abaixo para verificar se o plugin foi instalado corretamente (talvez seja necessário clicar para executar o Adobe Flash Player):

  http://get.adobe.com/br/flashplayer/about/

 Caso tenha seguido corretamente o passo a passo acima, aparecerá, na área em destaque na imagem abaixo, a versão do Flash Player que você acabou de instalar:

Adobe Flash Player em execução no Opera (Debian 9 "Stretch")

 Fácil, não?!

  Lembre-se de sair do root pressionando Ctrl + d, ok?!

Atualizando manualmente o Adobe Flash Player no Debian

 Para instalar uma versão atualizada do Adobe Flash Player é simples. Execute os procedimentos abaixo de acordo com o navegador que utiliza:

   Para o Mozilla Firefox:

 Acesse o link abaixo para baixar a versão mais recente do Flash Player:

  https://get.adobe.com/br/flashplayer/otherversions/

 Como informado no início deste tutorial, você deve selecionar o seu sistema operacional (Linux (64-bit) ou Linux (32-bit)), depois, o pacote .tar.gz (NPAPI) do Flash Player (FP {versão} for Linux 64-bit (.tar.gz) - NPAPI, se o seu Debian é de 64 bits ou FP {versão} for Linux 32-bit (.tar.gz) - NPAPI, se o seu Debian é de 32 bits) e em seguida, clicar no botão "Baixar agora", como mostrado pela imagem abaixo (exemplo):


 Após baixá-lo, abra um terminal e "entre" na pasta onde está o pacote. Caso esteja na pasta "Downloads", por exemplo, basta executar:

cd /home/$USER/Downloads

 Logue-se como root:

su

 Remova todo o conteúdo da pasta "flash-player":

rm -r /usr/lib/flash-player/*

 E extraia o pacote do Adobe Flash Player que você acabou de baixar (excluindo-o em seguida) com:

tar xvzf flash_player_npapi*.tar.gz -C /usr/lib/flash-player/ && rm flash_player_npapi*.tar.gz

  Lembre-se de sair do root pressionando Ctrl + d, ok?!

   Para o Opera, Vivaldi e Chromium:

 Acesse o link abaixo para baixar a versão mais recente do Flash Player:

  https://get.adobe.com/br/flashplayer/otherversions/

 Como informado anteriormente, você deve selecionar o seu sistema operacional (Linux (64-bit) ou Linux (32-bit)), depois, o pacote .tar.gz (PPAPI) do Flash Player (FP {versão} for Linux 64-bit (.tar.gz) - PPAPI, se o seu Debian é de 64 bits ou FP {versão} for Linux 32-bit (.tar.gz) - PPAPI, se o seu Debian é de 32 bits) e em seguida, clicar no botão "Baixar agora", como mostrado pela imagem abaixo (exemplo):

Selecione a arquitetura do seu sistema operacional e a versão PPAPI do Adobe Flash Player (.tar.gz)

 Após baixá-lo, abra um terminal e "entre" na pasta onde está o pacote. Caso esteja na pasta "Downloads", por exemplo, basta executar:

cd /home/$USER/Downloads

 Logue-se como root:

su

 Remova todo o conteúdo da pasta "pepperflashplugin-nonfree":

rm -r /usr/lib/pepperflashplugin-nonfree/*

 Extraia o pacote do Adobe Flash Player que você acabou de baixar (excluindo-o em seguida) com:

tar xvzf flash_player_ppapi*.tar.gz -C /usr/lib/pepperflashplugin-nonfree/ && rm flash_player_ppapi*.tar.gz

 E só!

  Lembre-se de sair do root pressionando Ctrl + d, ok?!

Removendo o Adobe Flash Player do Debian

 Se você não quer (ou não precisa) mais utilizar o Adobe Flash Player, siga os passos abaixo, de acordo com o navegador utilizado:

   Se instalou o Flash Player no Mozilla Firefox:

 Abra um terminal e logue-se como root:

su

 Execute o comando abaixo para remover o link simbólico da pasta de plugins do Firefox:

rm /usr/lib/mozilla/plugins/libflashplayer.so

 Remova também o link simbólico do Painel de Preferências do Adobe Flash Player:

rm /usr/bin/flash-player-properties

 Remova o atalho do Painel de Preferências:

rm /usr/share/applications/flash-player-properties.desktop

 E por último, remova a pasta onde o Adobe Flash Player foi instalado:

rm -r /usr/lib/flash-player


   Se instalou o Flash Player no Opera, no Vivaldi ou Chromium:

 Abra um terminal e logue-se como root:

su

 E remova a pasta onde o Adobe Flash Player foi instalado com o comando:

rm -r /usr/lib/pepperflashplugin-nonfree

 Se utiliza o Chromium, remova também o arquivo de configuração executando:

rm /etc/chromium.d/flashplayer-chromium.conf

  Lembre-se de sair do root pressionando Ctrl + d, ok?!


 Então é isso! Caso tenha alguma dúvida, sugestão ou crítica a respeito deste tutorial, basta deixar o seu comentário logo abaixo, ou se preferir, entre em contato conosco!

 Aproveite e cadastre-se para receber todas as novidades do Blog Opção Linux no seu e-mail, ou siga-nos no Google+, no Twitter ou na nossa página no Facebook! :)

 Muito obrigado pela visita e até o próximo tutorial!

Referências:

Sandro de Castro

Sandro de Castro

Um cara apaixonado por Linux e tecnologia! Sandro é satentusiasta e fundador/mantenedor do Blog Opção Linux, está sempre à procura por novos conhecimentos a fim de ajudar os iniciantes no Linux, desde a instalação das principais distribuições quanto ao uso no dia a dia.



  Olá! Seu comentário é muito importante para nós, portanto, fique à vontade para expressar a sua opinião sobre o post acima em um dos sistemas de comentários disponíveis (Disqus, Blogger/Google ou Facebook). Mas antes de escrever algo, fique atento:

  • É permitido colocar links nos comentários, mas eles serão moderados antes da publicação;
  • A prática de SPAM é proibida. Comentários feitos apenas com a intenção de divulgar um site ou blog serão excluídos;
  • Seja educado! Não é permitido o uso de linguagem imprópria e/ou ofensiva;
  • Evite escrever todo o seu TEXTO EM CAIXA ALTA;
  • Caso queira falar sobre outro assunto (que não tenha relação com esse post), poderá entrar em contato diretamente conosco!

Postar um comentário:

0 Comentários: