Aprenda, nesta dica, a fazer backup dos arquivos de configuração do GNU/Linux.
Fazendo Backup rapidinho de seus Confs em GNU/Linux

 Haverá ocasiões em que você precisará fazer cópia de segurança dos seus confs, ou seja, dos .ini, .conf, fstab, arquivos de configuração de repositórios de pacotes da sua distribuição GNU-Linux. Nestas horas, dispor de uma rotina de backup é super conveniente. Poupa tempo e não precisamos ficar lembrando os arquivos de que devem ser salvos; e, caso necessário, basta adicionar à lista de backup, na própria rotina abaixo, o que deve passar a ser salvo, além, claro, dos que já figuram lá. Como está, a rotina detecta o tipo de distribuição da máquina, dividindo-as em dois grupos: RedHat ou Debian, ou seja, permite que salvemos seletivamente os arquivos destas duas principais famílias e também um conjunto de arquivos independentemente da família da distro, como os .rules, .ini e os .conf.

#!/bin/bash
arq=$HOSTNAME.confs.zip
March=`echo $MACHTYPE | cut -c8-13`
echo "Salvando Dados no Arquivo $arq com Arquitetura $March"
# localiza e salva os .rules, .conf e os .ini
locate .rules | grep /etc/ | zip $arq -@ -9
locate .conf | grep /etc/ | zip $arq -@ -9
locate .ini | grep /etc/ | zip $arq -@ -9
zip $arq -r  -9 /etc/{fstab,default/grub,hostname}
if [ $March != "redhat" ] ; then # Salva Dados de Debian Like
   zip $arq -r  -9 /etc/apt/sources.list 
else # salva dados a la RH
   zip $arq -r  -9 /etc/yum.repos.d/*
fi
exit

Download 'bkpconfs.sh'

 Para utilizar esta rotina, basta selecionar o texto, copiar e colar, salvar, claro, tornando-a executável:

chmod +x bkpconfs.sh

 E um lembrete: tente rodar como Root ou com uso do sudo, para prevenir que alguns arquivos não sejam salvos justo por problema de permissão. Bom proveito.


 Esta dica é de autoria do nosso colaborador +Morvan e foi publicada originalmente em seu blog:

  https://morvlab.wordpress.com/2016/11/14/fazendo-backup-rapidinho-de-seus-confs-em-gnu-linux/

 Para mais dicas, acesse:

  http://www.blogopcaolinux.com.br/search/label/Morvan?max-results=6


 Tem alguma dúvida, sugestão ou crítica a respeito deste tutorial? Então deixe o seu comentário logo abaixo (utilizando o Disqus, sua conta do Google/Blogger ou o sistema de comentários do Facebook)!

 Aproveite e cadastre-se para receber todas as novidades do Blog Opção Linux no seu e-mail, ou siga-nos no Google+, no Twitter ou na nossa página no Facebook! :)


    E você, gostaria de compartilhar alguma dica aqui no Blog Opção Linux? Então entre em contato conosco!
Sandro de Castro

Sandro de Castro

Um cara apaixonado por Linux e tecnologia! Sandro é satentusiasta e fundador/mantenedor do Blog Opção Linux, está sempre à procura por novos conhecimentos a fim de ajudar os iniciantes no Linux, desde a instalação das principais distribuições quanto ao uso no dia a dia.



  Olá! Seu comentário é muito importante para nós, portanto, fique à vontade para expressar a sua opinião sobre o post acima em um dos sistemas de comentários disponíveis (Disqus, Blogger/Google ou Facebook). Mas antes de escrever algo, fique atento:

  • É permitido colocar links nos comentários, mas eles serão moderados antes da publicação;
  • A prática de SPAM é proibida. Comentários feitos apenas com a intenção de divulgar um site ou blog serão excluídos;
  • Seja educado! Não é permitido o uso de linguagem imprópria e/ou ofensiva;
  • Evite escrever todo o seu TEXTO EM CAIXA ALTA;
  • Caso queira falar sobre outro assunto (que não tenha relação com esse post), poderá entrar em contato diretamente conosco!

Postar um comentário:

0 Comentários: