Aprenda, nesta dica, a instalar facilmente a versão mais recente do Oracle VM VirtualBox no seu openSUSE Leap
Instalando o Oracle VM VirtualBox no openSUSE Leap

 O Oracle VM VirtualBox é um poderoso software de virtualização multiplataforma para empresas e usuários domésticos. Com ele é possível virtualizar os mais variados sistemas operacionais, como o Windows e sistemas Unix-like, como o FreeBSD e TrueOS; a lista completa dos sistemas operacionais suportados você pode conferir neste link.

 O VirtualBox não é apenas um produto rico em funcionalidades de alto desempenho, mas é a única solução profissional de código aberto disponível gratuitamente, sobre os termos da licença GNU General Public License versão 2 (GPLv2).

 Para saber mais sobre o Oracle VM VirtualBox e todos as suas funcionalidades basta acessar o site oficial:

  ACESSE O SITE OFICIAL DO VIRTUALBOX

 Vamos então ao passo a passo de instalação do VirtualBox no openSUSE Leap!

  Tutorial testado no openSUSE Leap 42.3 e 42.2, com ambiente de área de trabalho GNOME.

Os principais tópicos deste tutorial:


  Atualize o seu sistema

 Antes de começar, é importante que você instale todas as atualizações disponíveis para o seu sistema, garantindo assim que o instalador do VirtualBox consiga compilar os módulos do Kernel.
 Para isso, abra o YaST, clique em "Atualização online" (na seção "Software"), aguarde enquanto os repositórios são atualizados e após, clique no botão "Aceitar" na parte inferior direita da janela.

 Uma outra maneira (mais prática) de atualizar o seu openSUSE é através do terminal, basta apenas executar o comando a seguir:

sudo zypper ref && sudo zypper up

 Concluída a atualização (seja via YaST ou pelo terminal), você DEVE reiniciar o seu sistema para aplicar as alterações, do contrário, uma das etapas a seguir poderá falhar, ok?!






  Instalando o VirtualBox no openSUSE Leap (via repositório OSS)

 Assim como nas principais distribuições Linux, o VirtualBox já se encontra disponível nos repositórios oficiais do openSUSE Leap, basta apenas abrir um terminal e executar o comando abaixo para instalá-lo:

sudo zypper in virtualbox virtualbox-qt

 Adicione o seu usuário ao grupo "vboxusers" com:

sudo gpasswd -a $USER vboxusers

 Tudo pronto, reinicie novamente o seu computador para aplicar as alterações e após, abra o VirtualBox através do atalho "Oracle VM VirtualBox" no menu de aplicativos ou pelo terminal com o comando virtualbox:

Oracle VM VirtualBox 5.1.28 (OSE) executando no openSUSE Leap 42.3 (GNOME)

 Fácil, não? Caso queira utilizar algum dispositivo USB "dentro" das suas máquinas virtuais, será necessário a instalação do Oracle VM VirtualBox Extension Pack, clique aqui e confira.


  Instalando o VirtualBox no openSUSE Leap (via repositório oficial)

 O VirtualBox disponível no repositório do openSUSE é a versão mais adequada para a maioria dos usuários, já que ele recebe várias "otimizações" para funcionar adequadamente, porém, nem sempre é a versão mais recente lançada. Caso queira instalar a versão mais recente do Oracle VM VirtualBox no seu sistema, execute o comando abaixo para remover a versão disponível nos repositórios do openSUSE (caso tenha instalado):

sudo zypper rm virtualbox virtualbox-qt

 Após, instale as dependências necessárias para compilar os módulos do Kernel:

sudo zypper in gcc make kernel-devel libelf-devel

 Adicione o repositório oficial do VirtualBox no sistema:

wget http://download.virtualbox.org/virtualbox/rpm/opensuse/13.2/virtualbox.repo && sudo mv virtualbox.repo /etc/zypp/repos.d/

 Baixe e instale a chave de assinatura do mesmo:

wget https://www.virtualbox.org/download/oracle_vbox.asc && sudo sudo rpm --import oracle_vbox.asc

 Atualize a lista de repositórios:

sudo zypper ref

 E instale a versão mais recente do Oracle VM VirtualBox com:

sudo zypper in VirtualBox-5.2

 Concluída a instalação, execute o comando abaixo para adicionar o seu usuário ao grupo "vboxusers" (caso não tenha feito anteriormente):

sudo gpasswd -a $USER vboxusers

 Você deve reiniciar o seu computador para aplicar estas alterações e após, execute o VirtualBox através do atalho "Oracle VM VirtualBox" no menu de aplicativos ou através do terminal com o comando virtualbox:

Oracle VM VirtualBox 5.1.28 (OSE) executando no openSUSE Leap 42.3 (GNOME)

 Caso queira utilizar algum dispositivo USB "dentro" das suas máquinas virtuais (como um pen drive), será necessário a instalação do Oracle VM VirtualBox Extension Pack, como você pode conferir logo abaixo:

  Instalando o "Extension Pack" do VirtualBox no openSUSE

 O Oracle VM VirtualBox Extension Pack, como o próprio nome sugere, é um pacote de extensão do VirtualBox que permite a utilização de dispositivos USB 2.0 e 3.0 (como pen drives, adaptadores Wireless, etc.) nas máquinas virtuais, além de fornecer suporte a RDP, PXE para boot em placas de rede Intel dentre outras funcionalidades. Diferentemente do VirtualBox, o "Extension Pack" possui componentes proprietários (sob a licença PUEL) e está disponível gratuitamente para uso pessoal e não comercial.

 Caso queira (ou seja necessário) a utilização do Oracle VM VirtualBox Extension Pack, acesse o link abaixo e faça o download da versão correspondente à versão do VirtualBox que acabou de instalar:

  BAIXE O "EXTENSION PACK" DO ORACLE VIRTUALBOX

 Clique em "All supported plataforms", como indicado pela seta na imagem abaixo:


 E instale o pacote baixado clicando duas vezes sobre o mesmo ou através do terminal (como usuário "comum") com o comando:

VBoxManage extpack install --replace /onde/está/o/pacote/Oracle_VM_VirtualBox_Extension_Pack.vbox-extpack

 No meu caso ficou assim:

VBoxManage extpack install --replace /home/sandro/Downloads/Oracle_VM_VirtualBox_Extension_Pack-*.vbox-extpack

 Aceite o Contrato de Licença clicando em "Eu concordo", informe a sua senha e aguarde a instalação, que é bem rápida. Após, poderá, dentre outras coisas, utilizar seus dispositivos USB diretamente nas máquinas virtuais!


  Não consigo executar nenhuma máquina virtual do VirtualBox no openSUSE Leap, o que fazer?

 Eis que você instalou corretamente o Oracle VirtualBox, como mostrado acima, mas de uma hora para outra não está mais conseguindo mais executar as suas máquinas virtuais devido a mensagem de erro "Error in suplibOsInit - Kernel driver not installed (rc=-1908)", como na imagem abaixo:


 Isso geralmente ocorre após uma atualização de Kernel, sendo necessário compilar manualmente os módulos do VirtualBox. Para resolver isso é simples, apenas execute o comando abaixo (como informado pela própria mensagem de erro):

sudo /sbin/vboxconfig

 Caso o comando acima não funcione ou receba a mensagem "comando não encontrado", execute:

sudo /usr/lib/virtualbox/vboxdrv.sh setup

 Concluído o processo você conseguirá executar as suas máquinas virtuais normalmente!


  E como faço para remover o VirtualBox do openSUSE?

 Caso não queira mais utilizar o Oracle VirtualBox e deseje removê-lo do seu sistema, basta abrir um terminal e executar um dos comandos abaixo, de acordo com a versão instalada:

  Se instalou a versão disponível no repositório OSS do openSUSE:

sudo zypper rm virtualbox virtualbox-qt


  Se instalou a versão disponível do repositório oficial do VirtualBox:

sudo zypper rm VirtualBox-5.*

 Caso queira remover também o repositório do VirtualBox, basta executar:

sudo rm /etc/zypp/repos.d/virtualbox.repo

 Simples, não?!


 Então é isso! Caso tenha alguma dúvida, sugestão ou crítica a respeito deste tutorial, basta deixar o seu comentário logo abaixo, ou se preferir, entre em contato conosco!

 Obrigado pela visita e até o próximo tutorial!


Referências:

Sandro de Castro

Sandro de Castro

Um cara apaixonado por Linux e tecnologia! Sandro é satentusiasta e fundador/mantenedor do Blog Opção Linux, está sempre à procura por novos conhecimentos a fim de ajudar os iniciantes no Linux, desde a instalação das principais distribuições quanto ao uso no dia a dia.




  Olá! Seu comentário é muito importante para nós, portanto, fique à vontade para expressar a sua opinião sobre o post acima em um dos sistemas de comentários disponíveis (Disqus, Blogger/Google ou Facebook). Mas antes de escrever algo, fique atento:

  • É permitido colocar links nos comentários, mas eles serão moderados antes da publicação;
  • A prática de SPAM é proibida. Comentários feitos apenas com a intenção de divulgar um site ou blog serão excluídos;
  • Seja educado! Não é permitido o uso de linguagem imprópria e/ou ofensiva;
  • Evite escrever todo o seu TEXTO EM CAIXA ALTA;
  • Caso queira falar sobre outro assunto (que não tenha relação com esse post), poderá entrar em contato diretamente conosco!

Postar um comentário:

0 Comentários: