Aprenda, nesta dica, a instalar o programa para fazer a declaração do Imposto de Renda 2017 (IRPF 2017) no Linux manualmente.
Instalando o IRPF 2017 no Linux manualmente

Aprenda a instalar o programa para fazer a declaração do Imposto de Renda 2017 (IRPF 2017) no Linux.

 Chegou a hora de acertar as contas com a Receita Federal, pois começou ontem, dia 2 de março, e vai até o dia 28 de abril, o prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda 2017, referente ao ano-base 2016.

 Se você teve renda superior a R$28.559,70 ou tenha recebido rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$40.000,00 em 2016, terá que prestar contas à Receita.
 Clique no botão abaixo para conferir o documento PDF da Receita Federal com as perguntas e respostas referentes ao IRPF 2017, incluindo quem está obrigado a apresentar a Declaração de Ajuste Anual deste ano:

IRPF 2017 - Perguntas e Respostas

 Precisa fazer a declaração do Imposto de Renda e utiliza Linux? Confira então como fazer a instalação do IRPF 2017, utilizando a versão multiplataforma do programa. Mas antes, você deverá instalar o OpenJDK ou o Java da Oracle no sistema.

 Como o OpenJDK está presente nos repositórios oficiais das principais distribuições Linux, basta abrir um terminal e executar um simples comando:

- No openSUSE e sistemas derivados:

sudo zypper in java-1_8_0-openjdk

- No Fedora e derivados:

sudo dnf install java-1.8.0-openjdk

- No Debian, Ubuntu e sistemas derivados:

sudo apt-get install openjdk-8-jre


  Já para instalar o Oracle Java no seu sistema, confira um dos nossos tutoriais abaixo, de acordo com sua distribuição Linux:

- Oracle Java (JRE) no openSUSE:

  http://www.blogopcaolinux.com.br/2016/04/Instalando-o-Oracle-Java-JRE-no-openSUSE.html

- Oracle Java (JRE) no Fedora:

  http://www.blogopcaolinux.com.br/2016/09/instalando-oracle-java-jre-no-fedora.html

 - Oracle Java (JRE) no Ubuntu:

  http://www.blogopcaolinux.com.br/2016/06/instalando-java-jre-oracle-no-ubuntu-manualmente.html

      ---   ATENÇÃO   ---      

Caso tenha instalado o OpenJDK e está enfrentando problemas ao executar o IRPF 2017, faça a instalação do Oracle Java no seu sistema, ok?


Instalando o IRPF 2017 no Linux


 Com o OpenJDK ou o Oracle Java instalado no sistema, vamos então à instalação do IRPF 2017. Você tem duas opções para baixar o Programa Gerador da Declaração do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física:

- Utilizando o terminal, execute o comando abaixo para fazer o download do IRPF 2017 diretamente na sua pasta "Downloads":

wget -c -P /home/$USER/Downloads http://downloadirpf.receita.fazenda.gov.br/irpf/2017/irpf/arquivos/IRPF2017-1.0.zip

- Ou acessando o site da Receita Federal:

  http://idg.receita.fazenda.gov.br/interface/cidadao/irpf/2017/download/multiplataforma-zip

 E clique em "Programa IRPF 2017" para fazer o download do mesmo, como mostrado na imagem abaixo:

http://idg.receita.fazenda.gov.br/interface/cidadao/irpf/2017/download/multiplataforma-zip

 Após baixar, "entre" na pasta onde baixou o pacote (no caso a pasta "Downloads") digitando (num terminal):

cd /home/$USER/Downloads

 Extraia o pacote "zipado" com:

unzip IRPF*.zip

 Renomeie o a pasta resultante da extração para "IRPF":

mv IRPF*/ IRPF

 E mova para a pasta "/opt" com:

sudo mv IRPF/ /opt

 Com isso, você poderá executá-lo diretamente pelo terminal com o comando:

java -jar /opt/IRPF/irpf.jar

 Ou, se preferir, crie um atalho para o mesmo. Para isso, execute os comandos abaixo (um por vez) para extrair o ícone a ser utilizado:

sudo cp /opt/IRPF/irpf.jar /opt/IRPF/irpf.zip
sudo unzip -d /opt/IRPF/ /opt/IRPF/irpf.zip icones/RFB.png

 Em seguida, execute o comando abaixo para criar o atalho na sua pasta pessoal:

nano /home/$USER/.local/share/applications/irpf-2017.desktop

      ---   ATENÇÃO   ---      

Neste exemplo estou utilizando o nano, mas, caso queira, poderá utilizar outro editor de textos "puro" em modo gráfico, como o Gedit, Kwrite ou Leafpad, basta apenas substituir o "nano" do comando acima pelo nome do seu editor preferido, por exemplo:

### Utilizando o Gedit ao invés do nano para criar o atalho
gedit /home/$USER/.local/share/applications/irpf-2017.desktop

Ok?!

 Copie e cole todo o conteúdo abaixo no seu editor de texto:

[Desktop Entry]
Encoding=UTF-8
Version=1.0
Name=IRPF 2017
Comment=IRPF 2017                                                 
Exec=sh -c "java -jar /opt/IRPF/irpf.jar"
Type=Application
Icon=/opt/IRPF/icones/RFB.png
Terminal=false

 E salve o arquivo. Caso esteja utilizando o nano, tecle Ctrl + o para salvar o arquivo, pressione Enter para confirmar e Ctrl + x para sair.

 Dê permissão de execução ao arquivo com:

chmod +x /home/$USER/.local/share/applications/irpf-2017.desktop

 E após, é só procurar pelo atalho "IRPF 2017" no seu menu de aplicativos para abrir o programa:

IRPF 2017 executando no openSUSE Tumbleweed com o OpenJDK 8


Removendo o IRPF 2017


 Para remover o IRPF do sistema é bem simples, abra um terminal e execute os comandos abaixo:

rm -rf /home/$USER/.local/share/applications/irpf-2017.desktop
* Removendo o atalho criado;

sudo rm -rf /opt/IRPF/
* Removendo a pasta de instalação do IRPF.

 E só!


 Caso tenha alguma dúvida, sugestão ou crítica a respeito deste tutorial, basta deixar o seu comentário logo abaixo (se não aparecer a sessão de comentários do Disqus, recarregue a página), ou se preferir, entre em contato conosco!

 Aproveite e cadastre-se para receber todas as novidades do blog Opção Linux no seu e-mail, ou siga-nos no Google+, no Twitter ou na nossa página no Facebook! :)

 Muito obrigado pela visita e até o próximo tutorial!


Referências:


Sandro de Castro

Sandro de Castro

Um cara apaixonado por Linux e tecnologia! Sandro é satentusiasta e fundador/mantenedor do Blog Opção Linux, está sempre à procura por novos conhecimentos a fim de ajudar os iniciantes no Linux, desde a instalação das principais distribuições quanto ao uso no dia a dia.



  Olá! Seu comentário é muito importante para nós, portanto, fique à vontade para expressar a sua opinião sobre o post acima em um dos sistemas de comentários disponíveis (Disqus, Blogger/Google ou Facebook). Mas antes de escrever algo, fique atento:

  • É permitido colocar links nos comentários, mas eles serão moderados antes da publicação;
  • A prática de SPAM é proibida. Comentários feitos apenas com a intenção de divulgar um site ou blog serão excluídos;
  • Seja educado! Não é permitido o uso de linguagem imprópria e/ou ofensiva;
  • Evite escrever todo o seu TEXTO EM CAIXA ALTA;
  • Caso queira falar sobre outro assunto (que não tenha relação com esse post), poderá entrar em contato diretamente conosco!

Postar um comentário:

0 Comentários: