Veja como instalar a versão mais recente do Oracle VM VirtualBox no Fedora, de forma simples e fácil.
Compartilhe nas redes sociais!
Instalando o VirtualBox no Fedora

Veja nesta dica como instalar a versão mais recente do VirtualBox no Fedora, de forma simples e fácil.

 O Oracle VM VirtualBox é um dos softwares de virtualização mais populares atualmente, com ele é possível virtualizar uma grande quantidade de sistemas operacionais, a lista completa dos sistemas suportados pode ser acessada neste link. Além disso, ele é gratuito, de código aberto e está disponível tanto para Linux como Mac OS X, Solaris e Windows.

 Para saber mais sobre o VirtualBox basta acessar o site oficial:

  https://www.virtualbox.org/

 Sem mais delongas, vamos à instalação do VirtualBox no Fedora!

   Tutorial testado no Fedora 24 e Fedora 25 Workstation com desktop GNOME 3, ambos de 64 bits.

Instalando o Oracle VM VirtualBox no Fedora

 A primeira coisa a se fazer é atualizar o sistema, abra um terminal e tecle:

sudo dnf update

Após a conclusão, você DEVE reiniciar o seu computador antes de continuar seguindo os passos a seguir, do contrário, uma das etapas poderá falhar, ok?






 Supondo que você tenha reiniciado o seu computador, abra novamente o terminal instale as dependências necessárias:

sudo dnf install binutils gcc make patch libgomp glibc-headers glibc-devel kernel-headers kernel-devel dkms

 Importe a chave pública da Oracle com:

wget https://www.virtualbox.org/download/oracle_vbox.asc && sudo rpm --import oracle_vbox.asc

 Adicione o repositório do VirtualBox no sistema:

wget http://download.virtualbox.org/virtualbox/rpm/fedora/virtualbox.repo && sudo mv virtualbox.repo /etc/yum.repos.d/

 Logo após, atualize a lista de repositórios executando:

sudo dnf update
* Será perguntado se a chave GPG do repositório do VirtualBox está correta, confirme pressionando s:


$ sudo dnf update
Importing GPG key 0x98AB5139:
Userid     : "Oracle Corporation (VirtualBox archive signing key) "
Fingerprint: 7B0F AB3A 13B9 0743 5925 D9C9 5442 2A4B 98AB 5139
From       : https://www.virtualbox.org/download/oracle_vbox.asc
Correto? [s/N]: s



 E instale a versão mais recente do VirtualBox com:

sudo dnf install VirtualBox-5.2

 Caso queira instalar a versão mais "antiga" (a 5.1.x), basta executar:

sudo dnf install VirtualBox-5.1

 Adicione seu usuário ao grupo vboxusers com:

sudo gpasswd -a $USER vboxusers

 Após, instale também o Extension Pack para ter suporte a dispositivos USB nas suas máquinas virtuais. Faça o download do pacote correspondente com a versão do VirtualBox que instalou em:

  https://www.virtualbox.org/wiki/Downloads

 Como destacado na imagem abaixo:

VirtualBox - Download do Oracle VM VirtualBox Extension Pack


 Assim que baixar, instale-o clicando duas vezes sobre o mesmo ou através do terminal com o comando:

VBoxManage extpack install --replace /onde/está/o/pacote/Oracle_VM_VirtualBox_Extension_Pack.vbox-extpack

 No meu caso ficou assim:

VBoxManage extpack install --replace /home/sandro/Downloads/Oracle_VM_VirtualBox_Extension_Pack-5.0.16-105871.vbox-extpack

 Agora basta reiniciar mais uma vez o seu computador e começar a usar o VirtualBox no Fedora!


Está aparecendo uma mensagem de erro com os dizeres "Kernel driver not installed (rc=-1908)", o que fazer?

 Caso apareça uma mensagem de erro "Kernel driver not installed (rc=-1908)" ao iniciar uma máquina virtual, como mostrado pela imagem abaixo (no caso de uma atualização do Kernel, por exemplo):

Erro "Kernel driver not installed (rc=-1908)"

 Basta executar no terminal (como a própria mensagem diz):

sudo /sbin/rcvboxdrv setup

 Ou, dependendo da versão instalada:

sudo /etc/init.d/vboxdrv setup

 Após, provavelmente conseguirá executar as suas máquinas virtuais sem erros!


E como faço para remover o VirtualBox do Fedora?

 Para desinstalar o Oracle VirtualBox também é simples, basta abrir um terminal e executar:

sudo dnf remove VirtualBox-5.1

 Caso também queira remover o repositório do VirtualBox do sistema, basta executar:

sudo rm /etc/yum.repos.d/virtualbox.repo

 Fácil, não é?!


 Então é isso! Caso tenha alguma dúvida, sugestão ou crítica a respeito deste tutorial, basta deixar o seu comentário logo abaixo, ou se preferir, entre em contato conosco!

 Aproveite e cadastre-se para receber todas as novidades do Blog Opção Linux no seu e-mail, ou siga-nos no Google+, no Twitter ou na nossa página no Facebook! :)

 Muito obrigado pela visita e até o próximo tutorial!


Referência:

Sandro de Castro

Sandro de Castro

Um cara apaixonado por Linux e tecnologia! Sandro é satentusiasta e fundador/mantenedor do Blog Opção Linux, está sempre à procura por novos conhecimentos a fim de ajudar os iniciantes no Linux, desde a instalação das principais distribuições quanto ao uso no dia a dia.




  Olá! Seu comentário é muito importante para nós, portanto, fique à vontade para expressar a sua opinião sobre o post acima em um dos sistemas de comentários disponíveis (Disqus, Blogger/Google ou Facebook). Mas antes de escrever algo, fique atento:

  • É permitido colocar links nos comentários, mas eles serão moderados antes da publicação;
  • A prática de SPAM é proibida. Comentários feitos apenas com a intenção de divulgar um site ou blog serão excluídos;
  • Seja educado! Não é permitido o uso de linguagem imprópria e/ou ofensiva;
  • Evite escrever todo o seu TEXTO EM CAIXA ALTA;
  • Caso queira falar sobre outro assunto (que não tenha relação com esse post), poderá entrar em contato diretamente conosco!

Postar um comentário:

0 Comentários: